Nesta terça-feira (11), tive uma conversa respeitosa com o deputado estadual Vivaldo Costa (PR), homem público que possui uma folha de serviços prestados ao Rio Grande do Norte.

Por decisão própria e questões profissionais, me despedi de sua assessoria e o agradeci a oportunidade que me foi dada para desenvolver minhas habilidades aprendidas nos já vividos seis semestres do curso de Jornalismo da Universidade Potiguar – UnP.

A função que exerci desde junho de 2010, como assessor de imprensa de Vivaldo, me fez amadurecer por conviver com um político de 40 anos de vida pública.

Vivaldo tem seus defeitos como qualquer ser humano, mas possui várias virtudes. Minha admiração pelo mesmo continuará sendo a mesma.

Por enquanto, vou me dedicar integralmente a atualização deste espaço que não é meu, mas de vocês leitores.

Reflexão:

Na vida, podemos passar por inúmeras dificuldades, e ter de trabalhar muito para alcançar certos objetivos. Falando como Jornalista, tenho a certeza de que escolhi uma profissão árdua, mas que me enche de satisfação por formar opiniões e contribuir com a sociedade.

A vida é cheia de dificuldades e superação. Sinto prazer em vencer desafios para dizer comigo mesmo: “Sou um vencedor”.

Amo a profissão que escolhi. O Jornalismo pra mim é uma diversão com inúmeras responsabilidades. Principalmente quando escrevo sobre política.