Dilma faz novo convite para Lula ser Ministro

Do Blog do Camarotti:

Diante da pressão de ministros do Palácio do Planalto, a presidente Dilma Rousseff telefonou nesta segunda-feira (14) e reforçou, segundo relatos, o convite para que ele aceite virar ministro em seu governo.

Depois da decisão da juíza Maria Priscilla Oliveira de remeter para Curitiba o processo relativo ao triplex no Guarujá, no qual Lula é investigado, cresceu a pressão para que Dilma nomeie Lula para o primeiro escalão de seu governo.

Se isso ocorrer, o processo sobe para o Supremo Tribunal Federal (STF), pois ele ganharia prerrogativa de foro. Este é um dos motivos que tem levado Lula a resistir ao convite uma vez que, ao assumir uma pasta, a atitude poderia soar com um atestado de culpa no caso investigado.

Os dois acertaram de se falar pessoalmente em Brasília, ainda nesta semana, para tratar do assunto. Interlocutores mais próximos de Dilma avaliam que essa é a única solução para tentar barrar um processo de impeachment no Congresso Nacional já que Lula teria capacidade de fazer a articulação política necessária para reconquistar aliados que se afastaram do governo, como o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e os senadores peemedebistas.

Mas esses mesmos interlocutores alertaram a ela na reunião de coordenação política que, com a confirmação de Lula no governo, ela deveria dar uma guinada imediata na política econômica com a liberação de recursos para o PAC e o Minha Casa Minha Vida, com o uso da reservas brasileiras para o pagamento de dívidas e com o alongamento da dívida dos estados com a União.

O nome de Lula está sendo visto como um fator de esperança entre os petistas e como a única forma de o governo retomar pelo menos parte da governabilidade.