O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, representou o presidente Lula na festa do PMDB.

Quem esperava que ele fosse fazer um discurso falando sobre Garibaldi e Henrique, enganou-se.

O discurso foi totalmente Pró-Lula e Pró-Dilma.

Foi aí que ele desafinou-se.

Claro que o ministro ia ter que falar em Lula e Dilma, mas os homenageados mereciam maior tempo do discurso.

Os comentários estão fechados.