Documentário “Luiz Campos, um encantador de palavras” será lançado nesta sexta-feira (24)

Nascido aos 11 de outubro de 1939, o mossoroense Luiz Campos foi poeta, repentista e cordelista. Brincava com as palavras, mesmo estas não indo para um livro. Ria da sorte e cativava plateias pela simplicidade e o fino linguajar nordestino no trato com o vocabulário e uma velocidade invejável em anexar “causos” em tudo que fluía à sua volta.

E é para contar essas histórias de Luiz e para que ninguém esqueça de sua grandeza poética, que o chargista, caricaturista, artista plástico e editor do site e revista Papangu na Rede está lançando nesta sexta-feira, 24, o documentário “Luiz Campos, um encantador de palavras” em seu canal do YOUTUBE

No documentário, de 41 minutos, patrocinado pela Lei Aldir Blanc, os poetas Antônio Francisco, Nildo da Pedra Branca, José Di Rosa Maria, Crispiniano Neto e Genildo Costa e o pesquisador e escritor Kydelmir Dantas falam sobre Luiz Campos e sua importância para a poesia de cordel.