Em menos de um ano, Escola Doméstica perde duas diretoras

A Escola Doméstica de Natal, fundada em 1 de setembro de 1914, faz parte de um complexo de ensino o qual hoje também engloba o Colégio Henrique Castriciano e a FARN, Faculdade Natalense para o Desenvolvimento do Rio Grande do Norte.

O fundador da ED, como a Escola Doméstica de Natal é também reconhecida, foi o poeta, político e arauto da educação feminina Henrique Castriciano, o qual por anos e anos viajou pela Europa na tentativa de colher informações para uma escola doméstica, a qual teria como objetivo valorizar o cotidiano familiar e fazê-lo no plano da integração social da mulher.

Por mais de meio século (1945 – 25 de dezembro de 2010), teve como diretora a saudosa Noilde Ramalho, que desenvolveu um excelente trabalho.

Dona Noilde faleceu em 25 de dezembro de 2010.

Em 24 de janeiro, Margarida Morgantini ocupou o cargo deixado por Dona Noilde.

E ontem (13), Dona Margarida estava no supermercado, quando passou mal, foi levada ao Hospital São Lucas e faleceu, vítimas de problemas cardíacos.

O velório do corpo de Dona Margarida está sendo velado no Morada da Paz de Emaús, sem horário definido para seu sepultamento, pelo fato de muitos familiares residerem longe de Natal.

Dona Noilde e Dona Margarida