O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte está realizando, neste domingo (04), eleição suplementar no município de Paraú.

O pleito acontece, uma vez que, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou a decisão de 1ª e 2ª instância que cassou o então prefeito Antônio Carlos Peixoto Nunes e a vice-prefeita Antônia Francisca de Oliveira por abuso de poder econômico.

Segundo o Chefe de cartório da 54ª Zona Eleitoral, Aledson de Souza Moura, a votação segue bastante tranquila e até o presente momento nenhuma ocorrência foi registrada.

Os eleitores estão usando o “E-Título” para fazer a sua identificação junto aos mesários o que, além de dar mais celeridade a votação, garante ainda mais a  segurança do pleito juntamente com a identificação biométrica.

Trabalham em Paraú no dia de hoje na eleição 76 mesário, 5 administradores de prédio, 4 voluntários, 6 servidores, O Juiz e o Promotor da Zona, além da Polícia Militar.