Durante discurso no plenário da Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (16), o deputado federal Beto Rosado (Progressistas) falou sobre os altos índices de violência no Rio Grande do Norte, principalmente, em Mossoró, que nesta semana chegou a marca de 102 homicídios, em 2018. Os dados são do Observatório da Violência do Estado (Obvio), coordenado pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

O parlamentar ressaltou a importância da Medida Provisória que prevê recursos carimbados para a Segurança Pública dos estados e municípios, que será publicada nos próximos dias, além do fortalecimento de programas sociais. “É preciso investir no fortalecimento de programas de natureza social e educativa que possam, a longo prazo, reduzir esses índices”, solicitou Beto.

Beto ainda detalhou os dados da pesquisa realizada pelo Obvio, que aponta o perfil da maior parte das vítimas de crimes violentos letais e intencionais, em Mossoró, como sendo: homem, com idade entre 18 e 24 anos, solteiro, que morre por arma de fogo, e a maioria dos crimes é registrado como “de enconenda”.

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.