As entidades, integrantes do Conselho Estadual de Turismo do Rio Grande do Norte – CONETUR, protocolaram ofício, na última quinta-feira (04), no Gabinete Civil e Procuradoria do Estado, apresentando considerações e posicionamentos acerca da possibilidade da mudança na gestão do Centro de Convenções de Natal. Elas solicitaram uma audiência com Robinson Faria para tratar desse tema tão importantepara a cadeia produtiva do turismo, assim como a reconsideração da decisão de retomada imediata do Centro de Convenções. Apesar de terem enviado o documento há quase uma semana, ainda não obtiveram resposta.

trade destacou, no documento, que “o modelo de gestão em vigor do Centro de Convenções de Natal tem sido bastante eficiente, seja na captação de eventos, seja na manutenção de suas instalações, e, ainda, na operação dos eventos que ali se realizam. Prova disso, são as várias premiações recebidas pelo Centro de Convenções de Natal, com destaque aos cinco ‘Prêmios Caio’, concedidos pela Academia Brasileira de Eventos”.

Foi destacado também que a Cooperativa de Desenvolvimento da Atividade Hoteleira e Turística – COOHOTUR, desde 1999 à frente da gestão do Centro de Convenções, vem proporcionando um significativo incremento do número de eventos no Estado, fomentando a economia, gerando empregos e, em consequência, o aumento de divisas e renda, com benefícios diretos para toda a população.

As entidades querem que se amplie o debate acerca do tema com todo o setor, para que, assim, se busque a melhor solução possível e mais viável para a gestão do equipamento.