A noite desta terça-feira, 31, foi de realização para a Faculdade Diocesana de Mossoró.

O curso de Direito foi autorizado pelo Ministério da Educação (MEC) e a direção da instituição realizou o lançamento na praça do colégio.

O evento contou com a presença do presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), desembargador Expedito Ferreira, além da prefeita Rosalba Ciarlini, dos senadores José Agripino, Fátima Bezerra e Garibaldi Filho, do deputado federal Beto Rosado, deputada estadual Larissa Rosado, autoridades eclesiásticas e civis.

A prefeita Rosalba Ciarlini foi lembrada pelo padre Charles Lamartine, diretor da Faculdade Diocesana de Mossoró, como a primeira política a apoiar a criação da faculdade.

“Sei da grande realização desse acontecimento. Me sinto parte dessa conquista porque desde o princípio fui a favor da faculdade. Tive essa luta como senadora da República. Há nove anos anunciava à todo RN, através do programa de rádio, o curso de Teologia como sendo apenas o começo. Nada se faz sozinho e é preciso ter o apoio de todos que sonhavam. Não posso esconder a minha alegria de ver a minha Mossoró comemorando a chegada do curso de Direito. Lutando por projetos como esse sei que a minha vida publica vale a pena”, comentou a prefeita.

O senador José Agripino, que participou ativamente da luta, também teve sua participação reconhecida.

“A Diocese de Mossoró está de parabéns, em especial o padre Sátiro, por esta conquista. A Faculdade Diocesana segue uma linha pedagógica voltada para a formação humana, sobretudo dos jovens, sendo considerada uma referência”, disse Garibaldi Filho.

“Quero parabenizar especialmente o querido padre Sátiro, pelo empenho e dedicação, grandes fontes de inspiração. É mais um sonho que se realiza e que nos enche de alegria”, disse Fátima.