A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) criticou nesta terça-feira (9) em Plenário o juiz federal Sérgio Moro, que conduz a Operação Lava Jato, por ter divulgado um vídeo pedindo aos que apoiam a Operação Lava-Jato que não façam manifestações nas ruas de Curitiba durante o depoimento. Para Fátima, Sérgio Moro está deixando a toga de lado e agindo como “líder de torcida”.

Ela afirmou que parte da imprensa coloca o magistrado como adversário do ex-presidente e se questionou sobre quem faria o papel de juiz nesse embate.

Fátima Bezerra também lamentou a decisão da juíza do Paraná que proibiu os apoiadores do ex-presidente Lula, de montar acampamento em Curitiba para acompanhar o depoimento. De acordo com a senadora, está acontecendo uma caçada contra o ex-presidente, mas mesmo assim ele ainda lidera todas as pesquisas de opinião para as eleições presidenciais de 2018.

“Estaremos lá ao lado do Presidente Lula, para expressar mais do que a nossa solidariedade, expressar a nossa confiança, confiança está pautada na história de vida e de luta desse homem. História de vida pautada pela honradez, pela dignidade e pelo espírito público. Depois da maior greve geral da história de nosso País, chegou a hora de colorir as ruas de Curitiba em uma manifestação pacífica e democrática, para dizer “não” à criminalização dos movimentos sociais; “não” à criminalização da esquerda; “não” à criminalização de Luiz Inácio Lula da Silva”, concluiu.

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado