Nesta quarta-feira (30), o deputado federal Felipe Maia esteve no Ministério da Saúde acompanhado pelo reitor eleito da UFRN, José Daniel Diniz e pela diretora do Instituto de Medicina Tropical (IMT), Selma Jerônimo para levar pleitos da instituição ao Ministro titular da pasta, Luiz Henrique Mandetta.

No encontro intermediado pelo parlamentar potiguar, foram solicitados ao Ministério recursos na ordem de R$ 13 milhões para o equipamento da 2ª unidade do IMT, localizada ao lado do hospital Giselda Trigueiro. Neste espaço serão acolhidos os pacientes em nível ambulatorial do Giselda Trigueiro que contarão com uma estrutura ampliada que terá como diferencial o diagnóstico e o tratamento mais rápido de doenças infectocontagiosas.

Na ocasião, o futuro reitor da instituição destacou a atuação do deputado, então coordenador da bancada federal do estado em pleitear benefícios para a entidade: “Em anos anteriores, o deputado Felipe Maia destinou emendas para o IMT e tem dado apoio importante a UFRN. Hoje conseguiu uma audiência no Ministério que reconheceu a relevância da iniciativa para o estado”.

O Ministro Mandetta recebeu a demanda da instituição e aguarda a abertura do Orçamento de 2019 para destinar recursos ao projeto. Esta unidade do IMT, quando equipada, poderá atender 80 mil pessoas por ano, número aproximadamente quatro vezes maior que o atendido no Giselda Trigueiro.