O Jornal da Band destacou que termina nesta sexta-feira (31), o prazo de inscrição no segundo semestre do Fies, programa que é porta de entrada para estudantes de baixa renda em universidades particulares.

Com o financiamento, o aluno paga o ensino superior somente após a formatura, com juros baixos e prazo estendido.

No entanto, a inadimplência do programa – que, historicamente, é alta – cresceu ainda mais neste ano. Em abril, o número chegou a 53%.

Presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados, o deputado federal João Maia (PL) acredita que o crescimento da inadimplência também está relacionado às dificuldades do mercado de trabalho. “Nós sabemos que, em parte, se deve ao desemprego quando o estudante se forma. Nós achamos que o governo deveria ter um programa de emprego para alunos que usaram parte do dinheiro da União para se formarem”, declarou o parlamentar em reportagem da Band Nacional.