Está explicado o motivo da falência do MEIOS.

Ana Cristina de Faria Maia, filha da ex-governadora Wilma de Faria, recebia mensalmente a quantia de R$ R$ 18.269,03, referente à prestação de serviços de mão-de-obra, conforme mostra o memorando abaixo.

Hoje um secretário de Estado ganha R$ 9 mil reais. Ou seja, Ana Cristina recebia o dobro de um secretário.

É mole?