O empresário potiguar Flávio Rocha, integrante do grupo Brasil 200, juntamente com outro empresários, é contra a estratégia de jogar a população contra o Congresso Nacional.

“A forma como surgiu essa manifestação foi um pouco nebulosa no nosso entendimento. Vimos pessoas com hashtags sobre invadir o Congresso ou fechar o STF. A nossa orientação é refutar qualquer tipo de pedido neste sentido. Não podemos negar o processo legislativo. Não acho correto dar essa impressão à população.”

Disse o grupo Brasil 200 à Folha de São Paulo.