Garibaldi cumpre agenda em Genebra

O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, viaja hoje (9) para Genebra, na Suiça, onde representará o Governo brasileiro na assinatura de um protocolo de intenções para promover o trabalho decente no Brasil.

A partir dessa formalização, a Secretaria de Políticas de Previdência Complementar passará a ser responsável pela coordenação de atividades que incluem o combate ao trabalho infantil, ao trabalho escravo, à adoção de práticas discriminatórias ou que atentem contra a liberdade sindical e de associação.

Segunda-feira (13), o ministro da Previdência fará um pronunciamento por meio do qual apresentará um perfil completo da previdência social brasileira durante sessão promovida pela Associação Internacional de Seguridade Social (AISS).

A assinatura do protocolo será dia 16, dentro da programação da 100ª Reunião da Conferência Internacional do Trabalho, que está sendo realizada desde 1º de junho. O evento é promovido pela Organização Internacional do Trabalho (OIT).

O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi; e a ministra-chefe da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Iriny Lopes, também fazem parte da delegação designada pela presidenta Dilma Rousseff para participar da reunião. A 100ª Reunião da Conferência Internacional do Trabalho se estenderá até o próximo dia 17.