Garibaldi: “Falta autoridade a Robinson pra criticar”; Wilma: “Ele se aproveitou do Governo pra depois falar de mim”‏

O ministro da Previdência, Garibaldi Filho (PMDB), disse que o vice-governador Robinson Faria, candidato do PSD ao Governo do Estado, não tem autoridade para criticar os ex-governadores aliados do candidato Henrique Alves (PMDB) na coligação União pela Mudança.

A declaração do ministro foi publicada na edição desta quarta-feira (06) de O Jornal de Hoje, onde um dia antes o mesmo Robinson afirmou que o Estado “andou para trás” durante a administração dos aliados de Henrique.

“Ele (Robinson Faria) não tem muita autoridade para fazer um julgamento dessa gravidade. Quem tem essa autoridade é o povo do Rio Grande do Norte que me conferiu, pela última eleição, uma votação espetacular e me fez novamente senador da República”.

Quem também reagiu às declarações de Robinson Faria foi a candidata do PSB ao Senado, Wilma de Faria. “Ele (Robinson) apoiou o nosso governo durante sete anos e meio e só rompeu comigo para ser candidato a vice-governador de Rosalba. Seu pessoal inclusive não pediu demissão. Ele sabe que minha gestão foi aprovada, gestão que ele apoiou e da qual participou indicando seus correligionários”, afirmou.

Wilma foi mais além: “Ele está no caminho errado, mas isso não me surpreende. Ele participou sete anos e meio do meu governo e quando foi para o lado de Rosalba, passou a falar mal de mim”.

z