O ex-governador Geraldo Melo creditou ao saudoso Aluizio Alves, seu retorno ao PMDB. “Por tudo que Aluizio Alves representa em minha história de vida pública, eu tinha que viver este momento de hoje”.

Analisando o pedido de desculpas de Henrique, Geraldo também disse ter cometido erros. “Não foi somente o PMDB que errou comigo, eu também errei com o PMDB”, disse.

E esquecendo os erros recíprocos do passado, o ex-governador disse que no PMDB, se sentia em casa. “Não vim para liderar nada, nem ocupar espaço de ninguém. Vim por entender que aqui é o meu lugar”, finalizou.

O discurso de Geraldo Melo

Ex-prefeito de Caicó, Roberto Germano acompanhou a filiação de Geraldo Melo