Getúlio Rêgo considerou uma incoerência política a decisão do prefeito Fabrício Torquato (DEM) de mudar de palanque no segundo turno. Torquato, que foi eleito prefeito com o apoio do grupo político de Getúlio e do seu filho Leonardo Rêgo, chegou a subir no mesmo palanque de Henrique Alves e dizer que Pau dos Ferros “ganharia um parceiro com a eleição de Henrique para o Governo”.

“Lamentamos a decisão do prefeito que me comunicou o fato. Respeito a decisão dele, mas claramente seremos adversários neste momento. Ele defendendo uma candidatura e nós a outra, com toda empolgação e entusiasmo”, disse o deputado Getúlio Rêgo. Ele ratificou a aliança firmada com Henrique no primeiro turno, destacando “lealdade e coerência”, na noite da última quarta-feira (08), em encontro na sede do PMDB, em Natal, juntamente com outros deputados estaduais eleitos.