Governo do Estado atrasa pagamento e médicos da Coopmed suspendem atendimento no Hospital Walfredo Gurgel

Os médicos da Cooperativa Médica (Coopmed) decidiram suspender os serviços no Hospital Walfredo Gurgel, por falta de pagamento do Governo do Estado. 

Os profissionais cruzarão os braços a partir desta sexta-feira (29), caso o Executivo Estadual não faça o pagamento dos valores em atraso, que já totalizam R$ 1,5 milhão. 

“Se nào houver o pagamento os serviços serão suspensos por tempo indeterminado”, disse a Coopmed em nota à imprensa. 

Foto: Magnus Nascimento