O problema fiscal e financeiro do Rio Grande do Norte é muito maior do que se imagina.

Atualmente o Governo de Robinson Faria (PSD) tem uma dívida com fornecedores de R$ 870 milhões, que pode ultrapassar R$ 1 bilhão no final de dezembro.

Somando aos salários em atraso dos servidores, hoje a dívida é de R$ 2,1 bilhões.

São heranças malditas do Governo Robinson que deverão terminar no colo da governadora eleita Fátima Bezerra (PT).

A reportagem completa está na edição impressa da Tribuna do Norte deste domingo (11).