O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, e o prefeito de Natal, Carlos Eduardo, acompanhados dos secretários de Turismo, Fred Queiroz; de Cultura, Dácio Galvão; e o adjunto da Secretaria de Planejamento, Alexandre Duarte, reuniram-se, em Brasília, com o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, para discutir a continuação do projeto de saneamento integrado da Zona Norte de Natal. A primeira fase do programa beneficiou mais de 500 ruas da região.

A obra está avaliada em R$ 136 milhões e contempla vários bairros e loteamentos da capital potiguar. O trecho que o prefeito pleiteia a retomada, no valor de R$ 10 milhões, inclui a construção de duas escolas, três praças, duas quadras de esportes, dois ecopontos para coleta seletiva de lixo e um Centro de Referência e Assistência Social (CRAS). Em seguida, será feita a parte mais cara com infraestrutura de drenagem das águas das chuvas, distribuição de água, esgoto e pavimentação. A parte de esgotamento será executada pela Caern.

Kassab lembrou que, a exemplo do Turismo, o Ministério das Cidades também enfrenta limitações no orçamento, mas ficará atento e sensível ao pleito do prefeito Carlos Eduardo. Ele reconheceu a necessidade do projeto para a capital potiguar e o alcance social da obra. O ministro Henrique Alves reforçou a importância da infraestrutura que vai beneficiar a população com asfalto, equipamentos de lazer, educação e saúde, além do abastecimento de água, drenagem e coleta de lixo e esgoto. “Lugar bom para visitar deve ser, antes de tudo, bom para o morador. Natal como importante polo turístico precisa desse investimento”, destacou o ministro Henrique Eduardo Alves.

O projeto engloba parte dos parques Industrial, dos Coqueiros e Vila Paraíso, no bairro de Nossa Senhora da Apresentação. As melhorias atendem ainda os loteamentos Bom Jesus, Boa Esperança, José Sarney, Cidade Praia e Câmara Cascudo, no bairro de Lagoa Azul. O prefeito disse que a população beneficiada é de 70 mil moradores da região.

Foto: Gustavo Messina

220715_GilbertoKassab_MinDasCidades_DSC_8896

Os comentários estão fechados.