Segundo reportagem publicada nesta Tribuna do Norte, o Superior Tribunal de Justiça emitiu certidão do trânsito em julgado sobre o Recurso Especial número 1413013 , que inocentou o senador Garibaldi Alves Filho e o ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves. 

Ou seja, é o final do processo no Judiciário e com a absolvição dos acusados. O processo era referente ao suposto uso da Secretaria de Governo para promover uma candidatura, que nem mesmo chegou a ser lançada.

Um processo absurdo, sem nenhuma fundamentação legal, que foi preciso depois de tanto tempo e irresponsáveis explorações políticas, ser arquivado por unanimidade pelo STJ”, destacou o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves.

Ele lamentou que a reparação chega tardia.

No STJ o processo teve como relator o ministro Mauro Capbell Marques. 

Detalhe: O processo no qual o senador e o ex-presidente da Câmara dos Deputados figuravam como acusados ganhou destaque na recente campanha eleitoral, do ano passado, onde o então candidato ao Governo Robinson Faria tentava usar o fato do processo.

Foto: Roberto Stuckert 


Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.