O vice-governador Robinson Faria (PMN) e o deputado federal Henrique Alves (PMDB), são os únicos políticos que vão interferir “diretamente” na eleição da mesa diretora da Assembleia Legislativa.

Robinson não abre mão da indicação de Raimundo para a 1ª secretaria.

E Henrique não abre que o cargo fique nas mãos do PMDB, não necessariamente com Hermano, como vem sendo anunciado.