Primeiro orador da Sessão Plenária desta terça-feira, o deputado Hermano Morais falou sobre definição de prioridades para a Região Metropolitana do Rio Grande do Norte. Na ocasião, o parlamentar disse que as dez cidades que compõem a Região abrigam 42% da população do estado e não dispõe de um planejamento adequado. Por esta razão, Hermano sugeriu aos colegas que fosse criada uma Frente Parlamentar para reforçar o trabalho em prol do desenvolvimento da Grande Natal. O deputado aproveitou para convidar a população a comparecer à audiência pública, nesta quinta-feira, às 14h30, que irá tratar do assunto.

Em seu pronunciamento, o deputado citou inúmeras obras de infraestrutura que contribuirão para o desenvolvimento da Região Metropolitana, como o aeroporto de São Gonçalo do Amarante, a duplicação da BR 101, a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Macaíba, entre outros. Hermano cobrou, ainda, que o Governo do Estado ofereça cursos profissionalizantes para a juventude, sob pena de ter que contratar mão de obra em outros estados, por falta de qualificação. “Temos anúncio das obras estruturantes para o Estado e precisamos preparar esses jovens, para que a mão de obra não seja convocada em outros Estados”, disse.