Milhares de manifestantes se reuniram na Praça Itália, no centro de Santiago, neste domingo, 18, para uma manifestação que acabou em confronto e vandalismo.

A baderna foi organizada para comemorar o primeiro aniversário dos protestos que eclodiram no ano passado.

Na realidade, são verdadeiros atos criminosos esses ocorridos ontem.

Colocaram fogo em duas igrejas de Santiago: a de São Francisco de Borja e a de Assunção.

Cenas lamentáveis e que merecem nosso repúdio.

chile-protesto-incendio-igreja