Atitude da política atrasada…que pode até ser interpretada como crime de prevaricação.

Os cinco vereadores de oposição se negaram a votar o orçamento do município para 2020, fugindo do dever constitucional do legislador.

Deveriam ter votado até contra, se discordam do orçamento, mas não podiam fugir da obrigação.