A explicação dada por Jaime Calado em suas redes sociais vai de encontro ao que foi dito pelo Governo do RN para justificar sua saída do cargo.

Jaime declara que saiu do Governo para fortalecer o PROS, garantindo que vai apoiar a reeleição do atual prefeito Paulinho em São Gonçalo, onde tem seu domicílio eleitoral.

O Governo, por nota, disse que Jaime deixou o cargo “pela obrigatoriedade de desincompatibilização de cargos, caso ele venha a disputar cargo eletivo nas próximas eleições. A exoneração se deu exclusivamente em cumprimento à legislação eleitoral”.