O senador Jean-Paul Prates (PT-RN) emitiu nota de solidariedade neste sábado (29), ao colega Jaques Wagner (PT-BA).

Em virtude de novas revelações feitas pelo site “The Intercept Brasil”, onde mostra que procuradores da Operação Lava Jato pretendiam constrangê-lo antes do segundo turno de 2018, com uma operação de busca e apreensão em sua casa.