Com postura de novamente aliado do governador Robinson Faria (PSD), depois de ter declarado rompimento político com o Chefe do Executivo Estadual, o deputado estadual José Dias (PSD) voltou a defender nesta terça-feira (01), em pronunciamento na Assembleia Legislativa, um entendimento entre os poderes e o Governo do Estado.

“Todos temos responsabilidade com o momento atual. É claro que existe uma situação econômica que o Rio Grande do Norte não construiu, como o desemprego e a inflação, gerados pela União, mas cada ente pode analisar com profundidade sua situação e enxugar despesas. O que não pode é o Executivo demitir o pessoal da ativa tendo uma quantidade muito superior de aposentados, geraria um grande desequilíbrio”, afirmou.

Detalhe: Os poderes integram uma comissão formada pelo próprio Governo do Estado e o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Cláudio Santos, já colocou à disposição do Estado o valor de R$ 100 milhões para a Saúde e Segurança, mas criticou o fato de já ter colocado outros R$ 20 milhões anteriormente para a construção de um presídio, e até aqui o Estado não elaborou sequer o projeto.

Foto: João Gilberto

z