Maior novidade na tarde-noite desta quarta-feira (05), nos bastidores da política potiguar, foi a briga envolvendo o deputado estadual José Dias e o secretário da Casa Civil, Paulo de Tarso Fernandes, no gabinete da Presidência da Assembleia, tendo apenas o presidente Ricardo Motta e a procuradora-geral Rita das Mercês, como testemunhas.

José Dias elevou consideravelmente seu tom de voz, ao ponto de ser ouvida pelos corredores da sede legislativa.

Paulo de Tarso rebatia…

Até que Motta e Ritinha pediram calma…e contornaram a situação.

A uma fonte do blog, Dias declarou: “Não disse nada além da verdade”.