Por propositura do vereador Júlio Protásio (PSB), a Câmara Municipal de Natal, devolverá simbolicamente o mandato de Prefeito do município de Natal in memorian a Agnelo Alves, que teve o mandato cassado durante a Ditadura Militar. A iniciativa será através de projeto de resolução protocolado na Câmara nesta terça-feira (23).

O projeto de resolução reconhece como atos antidemocráticos e injustos a cassação do mandato e dos direitos políticos do Prefeito Agnelo Alves, ocorrida em 16 de maio de 1969. O projeto ainda anula a cassação do mandato e dos direitos políticos.

Para o vereador autor, Júlio Protásio, a iniciativa será como forma de corrigir esta injustiça, e coloca o nome do prefeito eleito Agnelo Alves, nos anais da Câmara Municipal, bem como, na sede da Prefeitura, como digno representante dos cidadãos natalenses.

“Através deste projeto, a Câmara corrigirá a injustiça e restabelecerá a vontade popular, que elegeu Agnelo Alves como seu representante”, afirmou Júlio Protásio.