O juiz Ivanildo Bezerra, da 6ª Vara Criminal de Natal, retomou na segunda-feira (29) às audiências de instrução da Operação Dama de Espadas, que investiga o desvio de recursos públicos na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte entre os anos de 2006 e 2015.

Ex-procuradora da Casa Legislativa, Rita das Mercês Reinaldo, apontada como uma das mentoras do esquema, fez acordo de delação premiada e apontou o envolvimento do atual governador, desembargadores, deputados estaduais, conselheiros do TCE, membros da bancada federal e outros políticos.

Os agentes políticos e membros do Judiciário são apontados como beneficiados e mandantes do esquema de inclusão de funcionários fantasmas no Poder Legislativo.