A partir de alerta feito pelo Subtenente Eliabe, presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos da PM do RN, Kelps acaba de ingressar no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte com um habeas corpus preventivo para evitar que o Governo do Estado prospere com a decisão de manter a famigerada “prisão disciplinar”, tipo de política estatal considerada por ele, Kelps, antiquada e medieval.

“O Governo Federal já decretou o fim da prisão disciplinar mas, estranhamente, o Governo do RN, hoje administrado pelo PT, editou uma norma recente mantendo a prisão disciplinar contra policiais”, esclarece Kelps.