Em Assembleia Extraordinária realizada no último dia 24 de novembro e presidida pelo Dr. Fernando Pinto, os médicos da Coopmed/RN decidiram paralisar suas atividades em virtude do atraso dos pagamentos da Secretaria Estadual de Saúde.

Os atrasados correspondem aos meses de setembro e outubro de 2011, e o prazo acordado com Secretaria Estadual de Saúde terminou nesta quarta-feira dia 30 de novembro.

As paralizações envolvem CRO do Walfredo Gurgel,  SAMU metropolitano e ortopedia do Deoclécio Marques e iniciam a partir do dia 1º de dezembro. De acordo com a direção da cooperativa os serviços serão retomados após o cumprimento dos pagamentos.

Os comentários estão fechados.