Com exceção do deputado Ezequiel Ferreira, que se encontra no exterior, acaba de ser aprovado por todos os demais membros da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o relatório do deputado Agnelo Alves, presidente da comissão e relator do empréstimo de R$ 800 milhões (reais) ou U$ 540 milhões (dólares).

Agnelo propôs algumas moficações na divisão de recursos do empréstimo, entre elas, mais recursos para a Saúde Pública.