Em Natal, o dia começa um caos, com forte chuva, sem ônibus e vias interditadas por manifestantes da CUT em protesto contra as reformas Trabalhista e da Previdência. 

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) determinou que 70% da frota circulasse em Natal, porém foram impedidos de saírem das garagens pelos manifestantes que bloqueiam a saída.