A situação que se encontra o nosso Rio Grande do Norte é lastimável.

Além da precariedade de alguns setores como saúde, educação e segurança, o Estado enfrenta uma enorme crise financeira.

A governadora eleita Rosalba Ciarlini já sabe qual é sua missão inicial, reorganizar o Estado.

Talvez só uma pessoa como ela, destemida e aguerrida para assumir essa missão.

No início, ela não vai fazer milagre, mas vai se esforçar ao máximo para fazer o Rio Grande do Norte acontecer de verdade, disso não tenho dúvidas.