O jornal britânico Financial Times colocou o Ministro da Justiça, Sérgio Moro, como uma das 50 personalidades que marcaram a década.

A lista, composta a partir do crivo de repórteres do jornal britânico, destacou ‘indivíduos que se mostraram capazes de arrancar o poder consolidado de instituições’. Ele foi o único brasileiro escolhido.

*Informações do Estadão