O Ministério Público Estadual instaurou Inquérito Civil para apurar a possível falta e preços abusivos de produtos vendidos no comércio em geral e utilizados para o combate do COVID-19, a exemplo de álcool em gel, máscaras descartáveis, dentre outros.

A investigação ocorre por meio da Promotoria de Defesa do Consumidor.