O Ministério Público, por meio dos três ramos no Estado, se posicionou contrário a reabertura da economia do Rio Grande do Norte neste momento.

E diz que estuda a adoção das medidas cabíveis para garantir o enfrentamento adequado da pandemia no Estado e prevenir maiores, mais graves e irreversíveis danos à população.

Veja aqui a nota