Circula uma campanha nos grupos de WhattsApp, em Natal, para ajudar a Hermilla Torres, que desde junho do ano passado sofre de uma grave doença que ainda não foi identificada. 

A doença desconhecida afetou os sistemas nervoso e neurológico de Hermilla, que foi encaminhada para São Paulo. A família precisa de apoio. 

Vamos colaborar.