O deputado estadual Tomba Farias (PSB) disse na tarde de hoje, na Assembléia Legislativa, que o governo do Estado deveria elaborar um programa emergencial de atendimento, voltado para minimizar os efeitos da demanda reprimida nos hospitais que atendem pacientes do SUS, como o Walfredo Gurgel e o Deoclécio Marques, em Parnamirim. Ele alertou que atualmente há entre 280 a 300 pessoas que se encontram em listas de espera, aguardando cirurgias, algumas delas de extrema urgência.

“A situação é caótica, e há centenas de norte-rio-grandenses, sofrendo nos corredores dos hospitais, aguardando atendimento. Embora o atual governo tenha encontrado a Saúde em sérias dificuldades e com débitos a pagar, não podemos ficar de braços cruzados, esperando que chegue o Hospital de Traumas, enquanto pessoas agonizam. As pessoas não têm culpa do quadro caótico em que se encontra a Saúde”, disse.