Sem categoria

Irmã de Rosalba participa da festa da vitória, em Caicó

Neste sábado (9), haverá uma grande festa nas ruas de Caicó para comemorar a vitória de Rosalba Ciarlini (DEM) e Vivaldo Costa (PR).

Como a governadora-eleita se encontra na Alemanha, sua irmã, Rosina Ciarlini vai lhe representar na festa da vitória.

Rosina que já se encontra em Caicó, tem almoço marcado neste sábado (9), com o deputado estadual eleito, Vivaldo Costa .

Sem categoria

PEC dos Jornalistas poderá ser votada em Plenário no dia 20

O substitutivo é quando o relator de determinada proposta introduz mudanças a ponto de alterá-la integralmente, o Regimento Interno do Senado chama este novo texto de “substitutivo”. Quando é aprovado, o substitutivo precisa passar por “turno suplementar”, isto é, uma nova votação. à proposta de emenda à Constituição (PEC 33/09) que torna obrigatório o diploma de Comunicação Social para o exercício da profissão de jornalista é um dos 70 itens da pauta do Plenário, que reinicia as votações no dia 20. A proposta é de autoria do senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE) e o substitutivo, a ser votado em primeiro turno, foi apresentado em dezembro de 2009 na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde a matéria teve como relator o senador Inácio Arruda (PCdoB-CE).

A PEC, que acrescenta os parágrafos 7º e 8º ao artigo 220 da Constituição, estabelece que a profissão de jornalista é privativa do portador de diploma do curso superior de Comunicação Social, com especialização em Jornalismo, expedido por instituição oficial de ensino. A exigência do diploma não é obrigatória ao colaborador, assim entendido aquele que, sem relação de emprego, produz trabalho de natureza técnica, científica ou cultural, relacionado com a sua especialização, para ser divulgado com o nome e qualificação do autor. A exigência do diploma também não é obrigatória para aquele que, à data da promulgação da PEC 33/09, comprove o efetivo exercício da profissão de jornalista, bem com aos jornalistas provisionados que já tenham obtido registro profissional regular perante o órgão competente.

Em sessão em 17 de junho de 2009, por 8 votos a 1, o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a exigência do diploma de jornalista para o exercício da profissão. A decisão foi tomada no julgamento do Recurso Extraordinário (RE) 511961, interposto pelo Ministério Público Federal (MPF) e pelo Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão do Estado de São Paulo (Sertesp) contra acórdão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3), que afirmou a necessidade do diploma, contrariando uma decisão da primeira instância numa ação civil pública.

No recurso, o MPF e o Sertesp sustentaram que o inciso V do artigo 4º do Decreto-Lei 972/69, que estabelece a exigência do diploma para o exercício da profissão, não foi recepcionado pela Constituição de 1988. O dispositivo foi revogado com a decisão do tribunal. Votaram contra a exigência do diploma de jornalista o relator, ministro Gilmar Mendes, as ministras Cármen Lúcia Antunes Rocha e Ellen Gracie, e os ministros Ricardo Lewandowski, Eros Grau, Carlos Ayres Britto, Cezar Peluso e Celso de Mello. O ministro Marco Aurélio votou favoravelmente à exigência do diploma. O julgamento não contou com os ministros Joaquim Barbosa e Carlos Menezes Direito, ausentes justificadamente da sessão.

Em seu relatório, Inácio Arruda explica que a defesa da regulamentação profissional e do surgimento de cursos qualificados aparece já no primeiro congresso de jornalistas, em 1918, e teve três marcos iniciais no século passado: a primeira regulamentação, em 1938; a fundação da Faculdade Cásper Líbero, em 1947 (primeiro curso de jornalismo do Brasil); e o reconhecimento jurídico da necessidade de formação superior, em 1969, aperfeiçoado pela legislação de 1979 (Decreto 83.284).

Paulo Sérgio Vasco / Agência Senado

Sem categoria

Marina era a candidata ideal: mulher, militante, ecológica e socialmente comprometida com o “grito da Terra e o grito dos pobres”

“Marina, morena Marina, você se pintou” – diz a canção de Caymmi. Mas é provável, Marina, que pintaram você. Era a candidata ideal: mulher, militante, ecológica e socialmente comprometida com o “grito da Terra e o grito dos pobres”, como diz Leonardo.

Dizem que escolheu o partido errado. Pode ser. Mas, por outro lado, o que é certo neste confuso tempo de partidos gelatinosos, de alianças surreais e de pragmatismo hiperbólico? Quem pode atirar a primeira pedra no que diz respeito a escolhas partidárias?

Mas ainda assim, Marina, sua candidatura estava fadada a não decolar. Não pela causa que defende, não pela grandeza de sua figura. Mas pelo fato de que as verdadeiras causas que afetam a população do Brasil não interessam aos financiadores de campanha, às elites e aos seus meios de comunicação. A batalha não era para ser sua. Era de Dilma contra Serra. Do governo Lula contra o governo do PSDB/DEM. Assim decidiram as “famiglias” que controlam a informação no país. E elas não só decidiram quem iria duelar, mas também quiseram definir o vencedor. O Estadão dixit: Serra deve ser eleito.

Mas a estratégia de reconduzir ao poder a velha aliança PSDB/DEM estava fazendo água. O povo insistia em confirmar não a sua preferência por Dilma, mas seu apreço pelo Lula. O que, é claro, se revertia em intenção de voto em sua candidata. Mas “os filhos das trevas são mais espertos do que os filhos da luz”. Sacaram da manga um ás escondido. Usar a Marina como trampolim para levar o tucano para o segundo turno e ganhar tempo para a guerra suja.

Marina, você, cujo coração é vermelho e verde, foi pintada de azul. “Azul tucano”. Deram-lhe o espaço que sua causa nunca teve, que sua luta junto aos seringueiros e contra as elites rurais jamais alcançaria nos grandes meios de comunicação. A Globo nunca esteve ao seu lado. A Veja, a FSP e o Estadão jamais se preocuparam com a ecologia profunda. Eles sempre foram, e ainda são, seus e nossos inimigos viscerais.

Mas a estratégia deu certo. Serra foi para o segundo turno, e a mídia não cansa de propagar a “vitória da Marina”. Não aceite esse presente de grego. Hão de descartá-la assim que você falar qual é exatamente a sua luta e contra quem ela se dirige.

“Marina, você faça tudo, mas faça o favor”: não deixe que a pintem de azul tucano. Sua história não permite isso. E não deixe que seus eleitores se iludam acreditando que você está mais perto de Serra do que de Dilma. Que não pensem que sua luta pode torná-la neutra ou que pensem que para você “tanto faz”. Que os percalços e dificuldades que você teve no Governo Lula não a façam esquecer os 8 anos de FHC e os 500 anos de domínio absoluto da Casagrande no país cuja maioria vive na senzala. Não deixe que pintem “esse rosto que o povo gosta, que gosta e é só dele”.

Dilma, admitamos, pode não ser a candidata de nossos sonhos (alguém seria?) Mas Serra é o de  nossos mais terríveis pesadelos. Ajude-nos a enfrentá-lo! Você não precisa dos paparicos da elite brasileira e de seus meios de comunicação. “Marina, você já é bonita com o que Deus lhe deu”.

Por Maurício Abdalla

Marina Silva

Sem categoria

Secretário de Iberê é acusado pelo Ministério Público Federal de desviar R$ 1 milhão da saúde

O Ministério Público Federal denunciou o secretário estadual de turismo, o ex-deputado federal Múcio Sá, de ter desviado R$ 1 milhão de recursos provenientes do Ministério da Saúde.

Também foram denunciados pelo MPF, o procurador Fernando Rocha de Andrade, que assina a ação, Aldanisa Ramalho de Sá, esposa do secretário, e José Nilson de Sá, pai de Múcio Sá.

Todos os acusados integram a fundação Aproniano Sá.

Múcio Sá

Sem categoria

Perguntem a Hugo…MANSO (?)

Seria bom…agora, no 2º turno, depois que Garibaldi Alves Filho(PMDB) foi reeleito-senador, com mais de 1 milhão de votos, perguntar a Hugo Manso se ele continua definindo Garibaldi como “analfabeto político, oportunista…etc”.

O PT está pagando um preço aqui, pela declaração infeliz de HUGO que DE MANSO NÃO TEM NADA.

Sem categoria

Michel Temer não abre mão da Presidência da Câmara para o PMDB, em 2011

Deu na Folha

O presidente do PMDB, Michel Temer (SP), sinalizou ontem que o partido não vai abrir mão da presidência da Câmara em 2011, embora o PT tenha conseguido eleger a maior bancada da Casa.

Temer disse esperar que o acordo firmado na atual legislatura, com o revezamento dos partidos no cargo, se repita no ano que vem.

“O que creio que vai acontecer, embora não quisesse tratar desse assunto agora, é que vai se repetir o que aconteceu nesta Legislatura: um biênio [2011-2012] será do PMDB e outro biênio [2013-2014] será do PT. Acho que haverá conversação nessa direção, que é o que a lógica política recomenda.”

O PT elegeu no último domingo 88 deputados federais, se tornando a maior bancada da Casa. O PMDB ficou em segundo lugar, com 79 eleitos. Pela tradição da Câmara, o partido com maior bancada elege o presidente da Casa.

Os petistas querem emplacar Cândido Vaccarezza (PT-SP) no cargo, enquanto o PMDB trabalha por Henrique Eduardo Alves (RN).

Foto: Estadão

Henrique Alves

Sem categoria

Júnior Queiroz: “A partir de janeiro vou ser um soldado de Rosalba”

O prefeito de Jucurutu, Júnior Queiroz (PSB) acaba de ser entrevistado na Rádio Seridó, durante o programa Jornal da Seridó, apresentado por Pituleira e Gláucia Lima.

Vamos tratar abaixo os assuntos abordados por Júnior, que é irmão do deputado estadual-reeleito, Nelter Queiroz (PMDB).

Júnior que goza do prestígio e amizade do casal Rosalba-Carlos Augusto, votou na Rosa, claro.

Já Nelter votou em Iberê, que obteve maioria no município.

VITÓRIA DE IBERÊ EM JUCURUTU

“O deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB) fez muita pressão muito grande em cima do povo. E nós fizemos o que estava ao nosso alcance por Rosalba”.

LUCIANO LOPES

“Ele é um candidato ficha suja. Ele tem que cuidar dos processos dele. Não voto em candidato ficha suja”.

GEORGE QUEIROZ (Filho de Nelter e pré-candidato a vice-prefeito de Luciano Lopes)

“É um jovem-universitário que pouco vem a Jucurutu”.

ROSALBA

“A partir de janeiro de 2011, vou ser um soldado da governadora Rosalba Ciarlini”.

RELAÇÃO FAMILIAR

Pela entrevista Junior deixou transparecer que só votou em Nelter, em consideração ao seu pai, o ex-deputado Nelson Queiroz.

Sem categoria

Regério Marinho será um dos coordenadores da campanha de Serra no Nordeste

O deputado federal Rogério Marinho, presidente estadual do PSDB RN, chega hoje a Natal depois de ter sido convocado por José Serra para participar em São Paulo e Brasília das reuniões que definiram as estratégias da campanha tucana neste 2º turno.

Atendendo ao convite pessoal de Serra, Rogério vai coordenar a campanha em toda Região Nordeste, ao lado do senador Cícero Lucena (PSDB PB).

Nesta sexta-feira, 08, Rogério Marinho fará uma reunião com apoiadores de campanha e militância Serra 45 para dar início aos trabalhos deste segundo turno. A reunião será na sede do partido, na Rua Cícero Azevedo, Lagoa Seca – Natal, a partir das 16 horas.

Além do trabalho de Rogério Marinho, a campanha de Serra no RN segue agora ainda mais fortalecida neste segundo turno com o senador José Agripino e a governadora eleita Rosalba Ciarlini centrando todas as energias para eleger o presidente José Serra. Eles vão convocar todos os prefeitos, vereadores, deputados e demais políticos, apoiadores e eleitores para juntos garantirem a vitória de Serra no Estado.

Rogério Marinho e Serra

Sem categoria

Collecione mais um hábito

A partir do próximo dia 14, o Seridó vai ganhar mais um hábito: a revista Collecione.

A revista tem a finalidade de mergulhar no rico tecido social, folclórico e cultural do Seridó, falando sobre diversos temas: moda, cultura, culinária, curiosidades, empreendedorismo, além de contar a trajetória de gente que nasceu e venceu no Seridó, conseguindo destaque e sucesso na Terra de Sant’ Ana.

O projeto editorial é dirigido pelo empresário da Fator4 e publicitário Fred Costa que montou uma equipe de aproximadamente dez pessoas gerenciadas pela jornalista Gláucia Lima que atuou como editora chefe da publicação, assinando boa parte das matérias de Collecione.

A revista será distribuída gratuitamente em sete cidades interligas por Caicó: Jucurutu, São Fernando, São José do Seridó, Jardim de Piranhas, Serra Negra do Norte, Parelhas e Jardim do Seridó.

Os idealizadores da revista: Fred Costa e Gláucia Lima

Sem categoria

Rubens Lemos Filho: “Rosalba tem que ocupar o governo com o exército que cimentou a vitória”

A derrota da ex-governadora Wilma de Faria (PSB) foi causa de vários fatores.

A guerreira (ainda pode ser chamada assim?) não deu o prestígio que os aliados de primeira hora mereciam.

Deixou que os adversários permanecessem nos cargos de confiança.

E nesta eleição, o resultado foi DERROTA.

Esse foi apenas um dos fatores que levou Wilma a derrota.

Como ex-secretário de comunicação da ex-governadora, e uma das pessoas que acompanhou de perto toda essa situação, o jornalista Rubens Lemos Filho, aconselhou a governadora –eleita Rosalba Ciarlini (DEM), a prestigiar o exército que esteve ao lado dela na construção da vitória.

“Espero que o novo Governo faça o que o anterior não fez e pagou um preço humilhante no julgamento do povo: Limpar a área e, pela histórica primeira vez, fazer de ocupação o exército que ajudou a cimentar a vitória”, foi o que disse Rubinho em sua coluna “Passe Livre”, no Jornal de Hoje.

Foto: Nominuto

Rubens Lemos Filho

Sem categoria

As dificuldades que Henrique vai enfrentar para ser presidente

Antes mesmo do resultado das urnas, o deputado federal-reeleito, Henrique Alves (PMDB) espalhou nos 4 cantos do Rio Grande do Norte, que será o próximo presidente da Câmara dos Deputados.

Henrique dizia isso, confiante que o seu PMDB iria continuar sendo a maior bancada da Casa.

Para engano de Henrique, o PT, esse partido cheio de “confusão”, fez a maior bancada.

O blog está na torcida, pelo Rio Grande do Norte.

Mas, segundo uma fonte, a coisa não vai ser tão fácil assim…

Sem categoria

José Serra pede o apoio de Garibaldi Filho

O senador-reeleito, Garibaldi Filho (PMDB) recebeu ontem (6), uma ligação do candidato a Presidência da República, José Serra (PSDB).

Serra pediu o apoio de Gari para o segundo turno.

Mas…

Gari lembrou que o vice de Dilma Rousseff (PT), é do PMDB, e seu compromisso está mantido.

Sem categoria

Lobão defende que Álvaro deixe o PDT e se filie ao PMDB

Eu num digo que o caicoense é louco por política…

Terminou a eleição e já pensam nas futuras.

O vereador de Caicó, Lobão Filho (PMDB), defendeu que Álvaro Dias deixe o PDT e se filie ao PMDB.

Mesmo dizendo que o candidato natural a prefeito do grupo derrotado nas urnas, é o suplente de deputado Roberto Germano (PC do B), Lobão faz questão de dizer que Álvaro não está morto politicamente.

Líder não morre. Quem pensa que Álvaro está morto, pode se arrepender. Ele vai ter uma participação importantíssima no processo político de 2012 em Caicó“, disse Lobão ao Blog do Marcos Dantas.

Sem categoria

Tem gente apostando: Rogério Marinho é carta certa no governo de Rosalba

Mal terminou a eleição, já começa a especulação para os nomes que vão compor a equipe do governo de Rosalba.

Como o resultado das urnas não foi favorável ao deputado federal Rogério Marinho (PSDB), já tem gente apostando que Rogério é um dos nomes da equipe de Rosalba.

Uma coisa é certa…como o PSDB foi aliado da Rosa, sem dúvidas, terá espaço no governo, seja com Rogério, ou com outra pessoa.

Aguardemos…

Rogério Marinho e Rosalba

Sem categoria

Nelter já adiantou: “Não quero conversa com Rosalba”

Sobre a opinião de Garibaldi, em defender que o PMDB esteja ao lado do governo de Rosalba Ciarlini, o senador de mais de 1 milhão de votos já pode contar com um contra: o deputado estadual-reeleito, Nelter Queiroz (PMDB).

Ao blog, antes mesmo do resultado das urnas, Nelter garantia que caso Rosalba fosse eleita, faria uma oposição radical contra ela.

“Se Rosalba vencer a eleição, pode ficar certo: vou ser o maior adversário dela na Assembleia”, dizia Nelter antes da eleição.

Sem categoria

Garibaldi defende aproximação de todo PMDB com Rosalba

Ainda na entrevista ao Jornal do Dia, o senador-reeleito Garibaldi Filho (PMDB) defendeu uma aproximação do PMDB com a governadora-eleita Rosalba Ciarlini (DEM).

“O partido deve ter uma posição. Eu defendo que seja de aliado a Rosalba, e se desejarem eu posso ser o interlocutor para que isso aconteça”, opiniou Garibaldi.

Sem categoria

Garibaldi quer distância de Hugo Manso e defende dois palanques para Dilma no RN

O senador-reeleito, Garibaldi Filho (PMDB) foi o entrevistado desta quarta-feira (6), do Jornal do Dia, que é apresentado por Geórgia Neri e Luiz Henrique, na TV Ponta Negra.

Garibaldi afirmou que vai participar da campanha de Dilma Rousseff (PT), agora no 2º turno.

Mas tem um detalhe: o senador de mais de 1 milhão de votos não vai dividir o palanque com Hugo Manso (PT), que há um mês atrás o chamou de analfabeto político e oportunista.

Gari sugeriu dois palanques para Dilma aqui.

O dele (e Henrique) e o de Hugo Manso.

No palanque de Gari e Henrique, deverá está o PMDB, o time de Lula que foi vitorioso.

No palanque de Hugo Manso…deverá está Wilma, Iberê e Carlos Eduardo (o time da derrota), mais a deputada federal mais votada do Estado, Fátima Bezerra (PT).

Sem categoria

Felipe Maia participa de encontro com José Serra, em Brasília

Trabalhar pelo desenvolvimento do Brasil considerando todos os estados. Esse é o objetivo de José Serra, candidato à presidência da República, que participou, nesta quarta-feira (6), em Brasília, de encontro promovido pelo PSDB e aliados para discutir estratégias para o segundo turno das eleições presidenciais. “Meu compromisso é trabalhar por todas as regiões. O país não tem como crescer se algum dos estados não se desenvolverem”, afirmou o ex-governador de São Paulo.

O deputado Felipe Maia, presente na reunião, ressaltou que a igualdade no tratamento dos estados vai melhorar a situação do Rio Grande do Norte que, segundo o parlamentar, foi esquecido pelo atual governo. “Assistimos nossos vizinhos, como Pernambuco e Paraíba, receberem recursos e investimentos do governo federal. Enquanto isso, o RN míngua sem emprego e renda. Tenho certeza que com Serra na presidência, o nosso estado terá voz e vez”, disse o deputado.

Compareceram ao encontro importantes nomes do PSDB como os senadores eleitos por Minas Gerais, Aécio Neves e Itamar Franco, e o presidente da legenda, Sérgio Guerra – eleito deputado federal. Do Democratas estiveram presentes o presidente nacional do partido, Rodrigo Maia, deputados e senadores reeleitos.

Foto: Assessoria de Felipe Maia

Felipe Maia e José Serra