Sem categoria

Viva o Novo Jornal

Nesta quarta-feira (17), o Novo Jornal completou…

1 ano de notícias.

1 ano de novos admiradores.

1 ano “SEM MEDO DE TER OPINIÃO”.

Parabéns a toda equipe que faz o NOVO JORNAL.

Essa foi a Capa do Novo Jornal mais comentada neste 1º ano

Sem categoria

Blocão foi um passo em falso?

O deputado federal Henrique Alves (PMDB) está mesmo ansioso para tornar-se presidente da Câmara dos Deputados.

Tão ansioso…

Que não está nem mesmo esperando o momento certo para anunciar certas articulações.

O Blocão liderado pelo “seu” PMDB foi um passo errado.

O presidente e seu amigo do peito Luís Inácio Lula da Silva já se posicionou contra.

Sem categoria

Lula é contra o blocão criado pelo PMDB

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou nesta quarta-feira (17),  após 2ª Conferência Nacional de Economia Familiar, no Planalto, a formação de um “blocão” pelo PMDB na Câmara dos Deputados. Segundo Lula, não de deve “mexer na política” de forma “conturbada”.

“Tenho uma definição de política que é a seguinte: a política é como um leito de um rio. Se a gente não for um ‘desmancha-ambiente’ e a gente deixa a água correr tranquilamente, tudo vai se colocando da forma como é mais importante. Se as pessoas tentam de forma conturbada mexer na política, pode não ser muito bom”, disse.

Nessa terça-feira (16), foi anunciada a formação de um bloco comandado pelo PMDB que uniria 200 deputados. Além do PMDB, estariam no bloco PP, PR, PTB e PSC. Segundo Lula, a proposta de criar um bloco de aliados, sem a participação do PT, não foi concretizada. “Primeiro, que não aconteceu. Parecia que ia acontecer, mas não aconteceu”, disse.

De acordo com o presidente, os partidos precisam dialogar. “Acho que a hora dos partidos começarem a discutir. Tem 48% de renovação na Câmara e no Senado. [É o momento de discutir] Quem vai ser presidente da Câmara, quem vai ser presidente do Senado. Acho que o papel dos partidos é de conversar.”

Para ele, é preciso criar condições de governabilidade para a aprovação da reforma política. “Temos que começar a fazer a reforma política. O importante é que o país está vivendo uma situação de tranqüilidade. A eleição da Dilma foi extremamente importante, afirmou”, disse.

Nathalia Passarinho,

Do G1, em Brasília

Sem categoria

Lula é a favor que o PMDB continue presidindo o Senado

Na contramão dos planos do PT, Lula associou-se à pretensão do PMDB de indicar o próximo presidente do Senado, a ser eleito em fevereiro de 2011.

Em movimento deflagrado na semana passada, o petismo passou a “exigir” que as presidências das duas Casas do Legislativo sejam negociadas em conjunto.

Deseja-se reproduzir no Senado o pré-acordo que prevê o rodízio no exercício da presidência da Câmara –dois anos para o PT, dois para o PMDB.

Contrário à pretensão, o PMDB reagiu em dois lances. Num, relançou José Sarney para sua quarta presidência no Senado.

Noutro, festejou a formação de um megabloco na Câmara com PMDB, PP, PR, PTB e PSC. Se vingar, soma 202 deputados.

Em diálogos privados, Lula diz que o PT erra ao esticar a corda. Precipita um debate que só deveria entrar em pauta no início do próximo ano.

Acha que o acirramento de ânimos, inconveniente e prematuro, perturba o processo de composição do ministério de Dilma Rousseff.

Quem ouviu Lula ficou com a impressão de que ele defende para 2011 a reprodução do acordo que vigorou no seu governo.

Refere-se ao acerto que possibilitou o revezamento entre o petê Arlindo Chinaglia e o pemedebê Michel Temer na presidência da Câmara.

Insinua que, no Senado, o PT deveria respeitar o “regimento”, que atribui à maior bancada o “direito” de indicar o presidente. Exatamente como quer o PMDB.

Alheio à vontade de Lula, o petismo mantém, por ora, as lanças levantadas. Na Câmara, tenta por em pé um bloco à esquerda.

O PT planeja unir-se ao PSB, PCdoB e PDT. Se chegar a um acordo, disporá de um aglomerado de 165 votos. Menos que os 202 do bloco rival.

De resto, o petismo passou a esgrimir uma tese segundo a qual a maioria do PMDB no Senado é “relativa”. Um dos operadores do PT esmiuçou o raciocínio ao repórter.

Disse: no papel, o PMDB vai dispor de 21 senadores na próxima legislatura. Dois são dissidentes: Jarbas Vasconcelos (PE) e Luiz Henrique (SC).

Dois, por “independentes”, não oferecem ao governo a segurança do voto: Pedro Simon (RS) e Roberto Requião (PR).

Outros dois, com problemas na Justiça Eleitoral, têm os mandatos ameaçados: Marcelo Miranda (TO) e Gilvan Borges (AP).

Arrematou: excluindo-se dissidentes, independentes e ameaçados, a “bancada efetiva” do PMDB cai de 21 para 15 senadores.

Acrescentou: na hidpdótese de Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) virar ministro, o suplente José Eduardo Dutra, presidente do PT, assume a vaga de senador.

Nesse caso, a bancada do partido, que elegeu 14 senadores, também passaria a dispor de 15 cabeças. Daí a insistência com que o partido de Lula reivindica a reprodução no Senado do rodízio previsto para a Câmara.

Nas suas conversas privadas, Lula deixou antever a intenção de agir para serenar os ânimos. Revelou-se surpreso com o excesso de animosidade.

Nos últimos oito anos, sempre que Lula levou o seu prestígio ao tabuleiro do Congresso o PT perdeu algo.

Na Câmara, Lula “fabricou” uma presidência para Aldo Rebelo (SP), do minúsculo PCdoB. No Senado, prestigiou Sarney, contra o petista Tião Viana (AC).

Fonte: Blog do Josias de Souza

Sem categoria

Robson Maia tira nota 10 na seleção para professor de carreira da PUC-SP

O advogado-seridoense Robson Maia, que há anos atua na área de Direito Tributário, onde ele já conquistou seu Mestrado (2003) e Doutorado (2007), acaba de tirar nota 10 na seleção para ser professor de carreira da Pontífice Unidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Faz 7 anos que Robson é professor do Curso de Especialização em Direito Tributário, na PUC, uma das Universidades mais conceituadas do país.

Com a mais nova conquista, Robson Maia passa a ser o professor mais jovem da Disciplina de Direito Tributário, que conquistou a nota máxima em todas as etapas para chegar ao cargo de professor de carreira da Universidade.

Sem categoria

Fátima Bezerra terá vez e voz na eleição para prefeito de Caicó em 2012

E por falar em Fátima Bezerra…

A deputada federal mais votada do Rio Grande do Norte terá vez e voz na disputa pela Prefeitura de Caicó, em 2012.

É que sem mais nem menos, Fátima também foi a deputada federal mais votada do município.

Tudo fruto de muito trabalho, afinal, foi graças a ela que Caicó ganhou uma unidade do CEFET.

Sem categoria

Fátima Bezerra cobra a reinstalação do posto da Polícia Federal em Caicó

A deputada federal Fátima Bezerra (PT) registrou na tribuna da Câmara dos Deputados a Caminhada pela Paz realizada ontem (15), em Caicó, com cerca de milhares de pessoas. No discurso, a parlamentar lembrou o “covarde assassinato” do jornalista F. Gomes e ressaltou a mobilização da sociedade civil pela reativação do posto avançado da Polícia Federal no município.

Fátima ressaltou que já solicitou uma audiência com o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, ainda para este mês, para apresentar ao ministro a necessidade de reinstalação do posto da Polícia Federal em Caicó. “Essa é uma reivindicação antiga nossa e de toda a sociedade da região, uma reivindicação mais do que justa, é necessária”, destacou.

A deputada também salientou que a segurança pública é uma das prioridades do governo da Presidenta eleita, Dilma Rousseff, por isso acredita que a reinstalação de um posto da Polícia Federal em Caicó será conquistada.

Sem categoria

Fina Forma de visual novo

A Fina Forma comandada pelas empresárias caicoenses Lurdinha Torres e Ana Cecília Torres, está de visual novo.

Assinada pelas arquitetas Ana Virgínia Vêras e Ticiana Martins, a loja está PERFEITA.

Revendedora da FORUM, Espaço Fashion, Ágatha, Sacada e Água de Coco, a loja está com look’s pra deixar a mulherada mais bonita para o VERÃO.

Fina Forma fica no coração do Plano Palumbo, o CCAB-Petrópolis.

Sem categoria

Ivan Júnior: “Eu quero é união”

Se depender do prefeito de Assú Ivan Júnior (PP), não vai haver rompimento entre seu grupo e o do ex-deputado Ronaldo Soares.

Em conversa com o blog, Ivan Júnior deixou claro que não quer briga.

“Não conversei recentemente com Ronaldo, nem com George, mas diante mão lhe digo: nós somos um grupo e temos que permanecer unido”, afirmou Ivan.

E completou…

“Eu quero é união”.

Sem categoria

DEM descarta fusão com PMDB

A executiva nacional dos Democratas se reuniu nesta terça-feira (16), e decidiu que não vai fazer uma fusão com PMDB, como vem sendo especulado pela imprensa…e como vem sendo defendido por membros de ambos os partidos.

Em nota, o partido anunciou para dezembro uma revitalização.

E afirmou, mais uma vez, que vai fazer uma oposição responsável, atenta e fiscalizadora ao Governo Dilma.

Sem categoria

PMDB forma um megabloco para disputar a Presidência da Câmara

O deputado federal Henrique Alves (PMDB), não esperou por tempo pior do que está.

Vendo que o PT não abre mão de disputar a Presidência…

E vendo seu sonho (ser presidente da Câmara) descer pelo ralo.

Henrique articulou seu PMDB com PR, PP, PTB e PSC, que juntos somam 202 deputados, e decidiu formar um megabloco para disputar a Presidência da Câmara, com chances reais de vitória.

Além de contar com o apoio desses partidos, o Líder do PMDB conta com votos isolados de outros partidos como o DEM, PMN e PSB.

Do DEM, Henrique deverá ter os votos de Betinho Rosado e Felipe Maia.

Do PMN já tem o apoio de Fábio Faria, atual líder da bancada do partido na Câmara.

Do PSB já tem o voto declarado de Sandra Rosado.

É…

Henrique tem somente 40 anos de vida pública, todos como deputado federal.

Precisa dizer mais o quê?

Foto: ABr

Sem categoria

Ximbica sobre o Senado: “Um verdadeiro paraíso, mas acho que não seja melhor do que o céu”

O senador suplente José Bezerra Junior (Ximbica), foi entrevistado na manhã desta terça-feira (16), por Clóvis Pereira (Pituleira), Gláucia Lima e Suébster Neri, durante o Jornal da Seridó, que vai ao ar pela Rádio Seridó.

Ao final da entrevista, foi perguntado se aquela velha afirmação do ex-senador Agenor Maria de que “O Senado é melhor do que o céu”, é a mesma opinião de José Bezerra.

“Agenor Maria passou oito anos por lá, eu apenas quatro meses e não deu tempo ver esse céu todo. Mas, hoje eu digo que lá é muito bom, um verdadeiro paraíso, mas acho que não seja melhor do que o céu”, afirmou Ximbica.

Sem categoria

Radialista sugere a criação do Dia em Defesa da Paz na cidade de Caicó

O Dia 15 de novembro ficará marcado para sempre na mente dos caicoenses.

A caminhada pela paz foi algo que impressionou.

Bastante emocionada com a participação da população, a radialista Suerda Medeiros sugeriu as autoridades que participavam da caminhada, que instituísse 15 de novembro como o Dia em Defesa da Paz, na cidade de Caicó.

Suerda é diretora da Rádio Caicó, último veículo onde F.Gomes prestou seus serviços profissionais, em defesa da justiça.

Foto: Blog do Seridó

Suerda Medeiros

Sem categoria

Multidão lembra os 30 dias da morte de F.Gomes

A população de Caicó participou em peso da missa e caminhada pela paz, que marcaram os 30 dias da morte do jornalista que foi brutalmente assassinado, F.Gomes.

Caravanas de várias cidades do Seridó também estiveram presentes.

A Igreja Matriz de São José estava repleta de familiares, amigos e admiradores de “F”, para assistir a missa que foi celebrada pelo Bispo Diocesano, Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz.

“É lamentável terem retirado violentamente a vida de um homem que só contribuía com o desenvolvimento da sociedade”, afirmou o Bispo durante sua homilia.

Dom Delson pediu também que a sociedade, a começar pelas famílias, se mobilize contra as drogas.

Após a missa, houve a caminhada pela paz que seguiu até a Ilha de Sant’Ana.

Só se viu tanta gente reunida, no encerramento da Festa de Sant’Ana.

As fotos são do www.blogdoserido.com.br

Igreja lotada

Os familiares de F.Gomes

Ilha de Sant’Ana também lotada

Sem categoria

PSDB e PPS analisam a possibilidade de fundir as duas legendas

Sem alarde, PSDB e PPS analisam a viabilidade e a conveniência de fundir as duas legendas numa só.

As conversas, ainda embrionárias, começaram há duas semanas, nas pegadas da derrota do tucano José Serra para a petista Dilma Rousseff.

Coube ao senador eleito Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) procurar o deputado eleito Roberto Freire (SP), presidente do PPS federal.

Ex-chefe da Casa Civil do governo Serra em São Paulo, Aloysio propôs a fusão.

Escorou a ideia numa apreensão legislativa. Disse que, juntas, as legendas teriam maior poder de fogo no Congresso.

O PSDB saiu das urnas de 2010 com 53 deputados e 11 sedadores. O PPS, com 12 deputados e um senador.

Na cabeça de Aloysio, a nova legenda abrigaria os “descontestes” de outros partidos –do PMDB ao DEM, passando por PDT e PSB.

Citou-se o exemplo do senador Jarbas Vasconcelos (PE), um oposicionista aninhado no protogovernista PMDB.

O debate ocorre num instante em que o tucanato tenta fazer a digestão de sua terceira derrota presidencial.

O senador eleito Aécio Neves (MG) fala em “refundar” o PSDB. FHC cobra a defesa explícita do legado da era tucana no governo federal.

O repórter foi ouvir Roberto Freire. Ele confirmou o contato de Aloysio Nunes e admitiu que as conversas caminham.

Deu a entender que atribui ao PSDB, não ao seu PPS, a iniciativa dos próximos movimentos: “Ninguém faz fusão a partir de um partido minoritário”.

Disse: para que a articulação avance, o PSDB precisa, primeiro, se convencer de que precisa buscar reforço, incorporando setores da “esquerda democrática”.

Depois, seria necessário “ter clareza do que vai ser esse novo partido”. Como assim?

“Não pode ser um amontoado, um ajuntamento”, disse Freire. “O Brasil não precisa de outro PMDB”.

Para Freire, se o objetivo for apenas o de dar maior efetividade às ações da oposição no Congresso, a formação de um bloco oposicionista pode resolver o problema.

Na hipótese de evoluir para a fusão, PSDB e PPS flertam com um risco que seus dirigentes parecem desconsiderar.

Da fusão resultaria uma terceira legenda, com programa e estatuto novos. Algo que desobrigaria os congressistas dos dois partidos do compromisso da fidelidade.

Pela lei, os filiados do PSDB e do PPS estariam livres para buscar refúgio em outras legendas. Tornariam-se alvos automáticos da cooptação governamental.

Fonte: Blog do Josias de Souza

Sem categoria

Burro Elétrico faz prévia do Carnatal

O Burro Elétrico pretende entrar no Corredor da Folia com seus devotos afinados com os ritmos mais animados do pedaço.

Para deixar todo mundo com o samba, o axé e todos os babados ensaiados, vai promover o Ensaio Burral na próxima sexta-feira (19), na praça da alimentação do Shopping Sea Way, a partir das 19h, apresentando Capilé,  Galera do Samba, Samba Terapia e o Dj Berto.

Não tem lance de entrada, é só chegar e curtir o agito, o auê, o encontro, vai ser uma festa para todo mundo ficar feliz.

As cangalhas do Burro estão sendo vendidas na Atlântico Operadora de Turismo do Shopping Sea Way, na Av. Eng. Roberto Freire, fone 3642-1025.

Sem categoria

José Alencar se recupera BEM de um infarto sofrido na última quinta-feira

No início da tarde deste domingo (14), surgiu um “boato” no twitter de que o atual vice-presidente da República, José Alencar, havia morrido.

Não passou de boatos…

José Alencar está vivinho da silva.

Segue abaixo uma nota publicada no  G1 da Globo:

O hospital Sírio-Libanês, que fica em São Paulo, na região da Avenida Paulista, informou neste domingo (14) que o estado de saúde do vice-presidente da República, José Alencar, segue “estável”. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, não haverá divulgação de boletim médico neste domingo.

Neste sábado, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e a presidente eleita, Dilma Rousseff, fizeram uma visita de 40 minutos ao vice-presidente José Alencar. Lula desembarcou pela manhã de ontem no Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, procedente de Seul, na Coreia do Sul, onde participou da reunião no G20. Seguiu direto de helicóptero para o hospital, onde chegou às 9h25, de acordo com a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto.

Lula deixou o hospital por volta das 10h05, também de helicóptero, e seguiria direto para São Bernardo do Campo, onde reside, segundo a assessoria do Palácio. À noite, ele participará de um casamento de um amigo no Sindicato dos Metarlúgicos de São Bernardo e só deverá retornar a Brasília na segunda-feira (15), feriado da Proclamação da República. A agenda de Dilma Rousseff não foi divulgada pela assessoria.

Na sexta-feira (12), o vice-presidente teve dores na região do estômago por volta das 15h de sexta-feira (12) e foi submetido a um ecocardiograma. Dores nessa região podem ser tanto um reflexo de problemas cardíacos quanto do câncer no abdome de Alencar.

O último boletim médico divulgado pelo hospital no final da tarde de sexta informou que o quadro de saúde do vice-presidente José Alencar permanece inalterado. Alencar sofreu um infarto agudo do miocárdio nesta quinta-feira (11) durante internação para tratar de uma obstrução intestinal, com quimioterapia.

De acordo com o hospital, Alencar sofreu o infarto por volta das 18h de quinta-feira. Ele foi submetido a cateterismo, “que não mostrou obstruções arteriais importantes”. Segundo os médicos, ele encontrava-se estável do ponto de vista cardíaco. Nesta sexta, o cardiologista Roberto Kalil Filho, que trata de Alencar, disse que ele até trabalhou pela manhã.

Sem categoria

Irmão de Raimundo Fernandes morre vitima de infarto cardíaco

Deu no Blog do Jean Carlos (www.jeancarlos.com.br):

Faleceu nas primeiras horas da manhã de hoje o micaelense Miguel Fernandes, 70 anos, vítima de infarto cardíaco.

Ele residia na capital cearense a muitos anos, porém, mantinha uma intensa ligação com a cidade de São Miguel pelo fato dos seus familiares ali residirem.

Miguel Fernandes era irmão do deputado estadual Raimundo Fernandes que embarcou, agora a pouco, para Fortaleza-Ce, onde acontece o sepultamento que está marcado para às 17h.

Do blog partem os votos de pesar a família enlutada.