Geral

Bispos do RN publicam nota sobre a pandemia da Covid-19

O arcebispo metropolitano, de Natal Dom Jaime Vieira Rocha, o bispo de Mossoró, Dom Mariano Manzana, e o bispo de Caicó, Dom Antônio Carlos Cruz, se reuniram, de forma online, nesta segunda-feira, 22.

O objetivo da reunião foi tratar do posicionamento da Igreja Católica em relação a atual situação vivida no Estado, decorrente do crescente número de casos da covid-19. Como fruto da reunião, os bispos escreveram uma nota, na qual pedem o esforço e a união de todas as pessoas no cuidado pela vida.

“A nossa preocupação será sempre pelo bem comum e, para isso, devemos mobilizar a todos para que, em seu dia a dia, mantenham com muito zelo e persistência o uso desses cuidados, contribuindo com o bem maior: a saúde, e, juntos, vencermos essa luta contra a Covid-19”, escrevem.

No texto, os bispos também manifestam solidariedade e oração às famílias que passam pelo sofrimento da perda de seus entes queridos.

Veja aqui a íntegra

EconomiaTurismo

Entidades estaduais vão apresentar sugestões para economia e turismo do RN

NOTA CONJUNTA

Antes de mais nada é importante ressaltar que o setor turístico e a Fecomércio RN sempre foram a favor da vida. O recrudescimento dos casos de Covid-19 é um tema grave e precisa seguir sendo encarado com toda a responsabilidade. Nossa postura de atuar na formatação do Plano de Retomada da Economia, do Plano de Retomada do Turismo, dos cursos de capacitação e qualificação para implantação de normas de biossegurança (a imensa maioria deles, gratuita) e no projeto SOS Protocolos, realizado pela Fecomércio RN em parceria com o Sebrae e a CDL Natal, são algumas das provas incontestes deste nosso posicionamento.

O que nos causa preocupação é que, ao limitar, de maneira generalizada, o funcionamento do setor de bares e restaurantes, os decretos (estadual e das principais prefeituras do estado), punem, injustamente, um segmento que já vem sendo um dos mais prejudicados com toda a crise e do qual dependem dezenas de milhares de famílias.

Importante destacar, que defendemos os estabelecimentos que trabalham cumprindo todos os protocolos de biossegurança. E, podemos garantir, eles são a imensa maioria deste universo, por isso a generalização é tão injusta, a nosso ver. Ressalte-se, ainda, que não há nenhuma contaminação comprovada em bares e restaurantes que cumprem os protocolos de biossegurança.

Diante disso, estamos formatando, no âmbito da Câmara Empresarial de Turismo da Fecomércio, um pacote de sugestões que pretendemos apresentar ao Governo do Estado e às prefeituras. Trata-se de uma tentativa de evitar que as empresas quebrem, o que não seria nada bom para ninguém. Nem para as empresas, nem para os seus colaboradores e nem, muito menos, para os entes públicos, que deixam de recolher impostos.

Entre outras coisas, pretendemos sugerir ações nas áreas fiscal, tributária, de concessão de crédito, treinamento e suporte à fiscalização dos estabelecimentos. Nosso apelo, repetimos, está centrado em amenizar o forte impacto negativo que prevemos para o setor com mais esta medida. Em paralelo, aproveitamos para reforçar a extrema importância de que os novos leitos de UTI já anunciados pela prefeitura de Natal e pelo Governo do Estado sejam efetivamente postos em funcionamento o mais breve possível, visto que tal medida irá impactar diretamente no salvamento de vidas, que é o foco maior de todos nós.

Marcelo Queiroz

Presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (Fecomércio RN)

George Costa

Coordenador da Câmara Empresarial do Turismo da Fecomércio RN (CET Fecomércio)

Habib Chalita

Presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do RN (SHRBS RN), membro da CET Fecomércio

Paolo Passarielo

Presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no RN (Abrasel), membro da CET Fecomércio

Abdon Gosson

Presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no RN (ABIH RN), membro da CET Fecomércio RN

George Gosson

Presidente do Natal Convention Bureau, membro da CET Fecomércio

Rútilo Coelho

Presidente do Mossoró Convention Bureau, membro da CET Fecomércio

Francisco Câmara Júnior

Presidente do Sindicato das Empresas de Turismo do RN (Sindetur), membro da CET Fecomércio

Michele Pereira

Presidente da Associação Brasileira dos Agentes de Viagem do RN (Abav RN), membro da CET Fecomércio

José Maria Pinheiro

Vice-presidente da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo do RN (Abrajet), membro da CET Fecomércio

Wanderson Borges

Presidente da Associação dos Hoteleiros de Tibau do Sul e Pipa (Ashtep)

Política

Câmara Municipal de Natal anuncia novas medidas internas para conter Covid–19

Através de Ato da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Natal, publicado no Diário Oficial do Município (DOM) desta terça-feira (23), nos próximos 15 dias (entre 23/02 e 07/03), o Legislativo municipal estará adotando novas medidas para o combate à Covid, com foco na restrição do acesso às dependências administrativas da Casa.

As novas medidas visam prevenir a infecção e a propagação da Covid-19 no âmbito da CMN e preservar a saúde dos vereadores, servidores e visitantes.

Dentre as principais medidas, só será permitido o acesso à CMN por servidores, assessores, terceirizados, estagiários e empregados que prestam serviços na Casa, salvo situações excepcionais autorizadas pela Presidência.

Também fica restrita a entrada ao público, com exceção dos atendimentos feitos por parlamentares em seus gabinetes, que deverão ser registrados e não ultrapassar 04 (quatro) visitantes por vez.

Entre as ações está a entrada nos gabinetes parlamentares, apenas de 03 (três) assessores parlamentares e de 04 (quatro) visitantes por vez, excetuado o vereador, que tem livre acesso a todas as dependências.

Fica permitido o sistema de rodízio entre os assessores parlamentares, devendo a escala ser definida pela chefia de gabinete ou pelo parlamentar, sendo de sua responsabilidade o controle do ponto.

Já as Sessões Ordinárias serão nas terças, quartas e quintas-feiras, das 14h às 17h, sendo compostas unicamente de Ordem do Dia com pauta pré-definida pela Presidência e disponibilizada no site institucional com antecedência mínima de 24 horas. No plenário da Câmara Municipal, durante as sessões, só será permitida a entrada dos membros da Mesa Diretora (presidente, 1º e 2º secretários), de 01 (um) procurador legislativo e dos servidores do Setor Legislativo, TV Câmara e Assessoria de Comunicação e Redes Sociais da Câmara Municipal.

Não será permitida a entrada de nenhum tipo de assessor parlamentar no plenário durante a realização das Sessões Ordinárias. Além disso, os demais vereadores e vereadoras devem participar da sessão exclusivamente de forma virtual, através da plataforma “Zoom” sendo o link da sessão encaminhado aos parlamentares com uma hora de antecedência.

Natal

Em Natal, Prefeito proíbe festas públicas e privadas, restringe bares e restaurantes, além de outras medidas

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, publicou novo decreto com medidas de contenção à Covid-19 na capital do Rio Grande do Norte: 

Art. 1º. Ficam mantidos no âmbito do Município do Natal os protocolos que determinam a adoção das medidas sanitárias como higienização, distanciamento social e demais medidas de enfrentamento à COVID-19 previstas no Decreto Municipal nº. 12.135, de 23 de dezembro de 2020, republicado em 29 de dezembro de 2020, mas com observância às novas restrições, bem como às novas especificações de horário estatuídas no presente Decreto.

Art. 2º. Fica proibida no âmbito do Município do Natal a venda de bebidas alcoólicas entre as 22h00min e as 06h00min – inclusive em supermercados e lojas de conveniência. Parágrafo único. Fica igualmente proibido o consumo de bebidas alcoólicas em espaços e ambientes públicos entre as 22h00min e as 06h00min.

Art. 3º. Os restaurantes, pizzarias, lanchonetes, bares, food parks e similares deverão encerrar o atendimento ao público às 22h00min, com o encerramento de suas atividades operacionais até, no máximo, as 23h00min. Parágrafo único. Para o serviço de entrega domiciliar, sem consumação no local, os estabelecimentos referidos no caput deste artigo poderão atender aos seus clientes sem qualquer limitação de horário – desde que não seja para a comercialização de bebidas alcoólicas.

Art. 4º. Fica expressamente proibida a realização de festas, shows e eventos comerciais no âmbito do Município do Natal. Parágrafo único. A proibição referida no caput deste artigo se estende também aos eventos comemorativos em ambientes fechados, públicos ou privados.

Art. 5º. Fica vedada a entrada e permanência, em hospitais públicos ou privados, de pessoas estranhas ao quadro funcional da respectiva unidade, à exceção de pacientes, acompanhantes e profissionais que trabalhem no local.

Art. 6º. As repartições públicas deverão disciplinar o trabalho remoto, sempre que for possível e aplicável – salvo em relação aos serviços essenciais ou atividades em que o trabalho remoto se demonstre inviável. Parágrafo único. O setor privado deverá, de igual maneira, priorizar o trabalho remoto – sempre que for possível e aplicável.

Art. 7º. Fica terminantemente proibida a circulação de pessoas, nos espaços e vias públicas do Município do Natal, que não estejam fazendo uso de máscaras de proteção facial, nos termos do artigo 3º, caput, e inciso III-A da Lei Federal nº. 13.979, de 06 de fevereiro de 2020, com as modificações trazidas pela Lei Federal nº. 14.019, de 02 de julho de 2020. §1º. A proibição de circulação de pessoas que não estejam fazendo uso de máscaras de proteção facial deverá ser observada em especial quando do uso de transporte de passageiros, individual ou coletivo. §2º. Ficam excepcionadas da proibição prevista no caput deste artigo:

I – as pessoas com transtorno do espectro autista, com deficiência intelectual, com deficiências sensoriais ou quaisquer outras deficiências que as impeçam de fazer o uso adequado de máscara de proteção facial;

II – as crianças com menos de 3 (três) anos de idade;

III – as pessoas que, utilizando máscara de proteção facial, estiverem sentadas à mesa de estabelecimento para alimentação fora do lar e tiver de retirá-la exclusivamente durante a consumação.

Art. 8º. A fiscalização das medidas tomadas com a publicação deste Decreto caberá ao Núcleo Operacional de Fiscalização da COVID-19, instituído pelo Decreto Municipal nº. 12.135, de 23 de dezembro de 2020, republicado em 29 de dezembro de 2020, e composto pelos seguintes órgãos:

I – Vigilância Sanitária da SMS;

II – SEMDES;

III – SEMSUR;

IV – SEMURB;

V – STTU.

  • 1º. Em caso de descumprimento das medidas previstas neste Decreto, as autoridades poderão impor as penalidades previstas no artigo 10 da Lei Federal nº. 6.437, de 20 de agosto de 1977 – dentre elas o fechamento e a interdição do estabelecimento, além de multa no valor de até R$ 20.000,00 (vinte mil reais).
  • 2º. Após a interdição do estabelecimento, a autoridade deverá encaminhar relatório do auto de interdição ao Ministério Público Estadual para apurar a ocorrência de crime contra a saúde pública, nos termos do artigo 268 do Código Penal, com pena de detenção de até um ano.
  • 3º. O retorno das atividades condiciona-se à avaliação favorável de inspeção quanto ao atendimento das medidas sanitárias, devendo o responsável pelo estabelecimento comprometer-se mediante termo escrito a não mais incorrer na infração cometida.
  • 4º. Em caso de reincidência, será cassado o alvará de funcionamento do estabelecimento comercial, sem prejuízo da aplicação de nova multa.
  • 5º. Ao interessado é permitida a apresentação de defesa contra o auto de infração diretamente no órgão ao qual pertence o agente de fiscalização. Art. 9º.

As regras definidas neste Decreto poderão ser revistas a qualquer tempo, de acordo com as taxas e índices de transmissibilidade da COVID-19, no Município do Natal. Art. 10.

Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Palácio Felipe Camarão, em Natal/RN, 22 de fevereiro de 2021.

Veja Aqui a íntegra

Diversos

Mulheres também devem procurar o Urologista; Infecção e incontinência urinária são os principais problemas

Incontinência e infecção urinária são problemas comuns em mulheres e devem ser tratados por um especialista. Você faz parte da turma que acredita que urologista é médico exclusivo para homens? Segundo a urologista potiguar Karla Avelino, esses dois problemas de saúde, com causas distintas, atingem muito as mulheres.

“São duas doenças do trato urinário fáceis de se tratar se forem bem acompanhadas por especialista. Em alguns casos, as pacientes só chegam ao consultório do urologista quando o caso já é mais grave. O urologista é o especialista indicado para encontrar a causa dos problemas e tratar do começo ao fim”, explica. “A falta de conhecimento e às vezes até vergonha, acabam tardando o diagnóstico correto e o tratamento adequado”, complementa.

As mulheres também são muito suscetíveis a problemas de saúde urológicos, seja por conta da gestação e do parto, chegada da menopausa ou até mesmo por conta da anatomia do órgão genital feminino. O que pouca gente sabe é que alguns problemas no trato podem ser tratados por um urologista. Parte da população acredita que essa especialidade médica trata apenas de problemas relacionados à saúde masculina. De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia, a incontinência urinária atinge 72% das mulheres ao redor do mundo. Cerca de 20% dos casos de incontinência são em mulheres adultas, e em idosas pode chegar a 50%.

Karla Avelino

Natal

Natal atendeu mais de 2 mil pacientes do interior na rede municipal em janeiro e fevereiro

Na coletiva à imprensa da manhã desta segunda-feira (22), o secretário de Saúde de Natal, George Antunes, revelou um dado que precisa ser mostrado.

Ele comentou que a sobrecarga na rede pública municipal de saúde é fruto também da “invasão” de pacientes de outros municípios. Ele informou que entre janeiro e fevereiro mais de 2.000 pacientes de fora de Natal foram atendidos apenas na Unidade de Pronto-Atendimento da Cidade da Esperança.

Ao todo, segundo a SMS, mais de 4.000 pessoas oriundas do interior foram atendidas na rede pública de Natal.

Natal

Prefeitura de Natal vacina 1.471 idosos com 90 anos e mais

Uma nova etapa de vacinação de grupos prioritários foi iniciada nesta segunda-feira (22) pela Prefeitura de Natal.

Os idosos com 90 anos e mais, não acamados, puderam receber a primeira dose do imunizante contra a Covid-19.

Ao todo, foram vacinados 1.471 idosos.

Estado

Pacientes são transferidos de avião para Mossoró por falta de UTI na rede pública da Região Metropolitana

Dois pacientes foram transferidos de avião para Mossoró, na tarde desta segunda-feira (22), por falta de leitos de UTI disponíveis na Região Metropolitana de Natal.

Toda a logística teve o apoio do SAMU RN na locomoção dos pacientes. Um dos pacientes saiu da Unidade de Pronto Atendimento de Parnamirim utilizando oxigenação, com destino ao Hospital Rafael Fernandes e o outro paciente foi transferido do Hospital Regional de João Câmara para o Hospital São Luís.

O Hospital Rafael Fernandes é serviço estadual e referência macro regional no tratamento de condições infecto contagiosas, dispondo de 14 leitos para pacientes acometidos Covid-19, sendo 10 de UTI com leitos críticos. O Hospital São Luís é contratado pelo estado para atendimentos Covid, dispondo de 40 leitos de UTI.

Paciente

Geral

Unimed Natal anuncia ampliação de leitos para Covid-19 e suspende cirurgias que não são de urgência

Diante do aumento de casos de Covid-19 no estado, que reflete na ocupação de leitos da rede hospitalar e consequentemente no Hospital Unimed (HU) e nos outros 6 da rede credenciada, a Unimed Natal está se articulando para evitar a superlotação e as interrupções no atendimento.

Hoje, segunda-feira (22), o diretor do HU, dr. Felipe Marinho, anunciou o aumento da capacidade de atendimento COVID-19 do Hospital Unimed que será incrementada em 25% a partir desta terça-feira (23) chegando a crescer 80% até o fim desta semana, caso a demanda continue crescente.  A medida só foi possível com a suspensão de procedimentos eletivos no hospital sendo mantidas a cirurgias de urgência, as obstétricas e oncológicas.

Desde o início do mês de fevereiro o número de casos de Covid vem aumentando e, em pouco mais de 15 dias, entre 05 e 22 de fevereiro, só na rede credenciada da Unimed Natal, o número de internações apresentou um aumento de 82%, alcançando nesta segunda-feira (22) a marca de 104 internados com sintomas da doença.

Poder

TRT-RN suspende todas as atividades presenciais e adota novamente trabalho remoto

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT-RN) acaba de decidir pela suspensão de todas as atividades presenciais em virtude da nova onda de Covid-19.

Atendimento de secretarias volta a ser 100% de forma eletrônica ou telefônica e audiências exclusivamente telepresenciais.

Com nova análise da situação a cada 15 dias.

As atividades presenciais tinham sido retomadas parcialmente desde setembro do ano passado.

Política

Velório da mãe de Rogério Marinho começa às 16h; Missa será amanhã às 09h

O velório de Dona Sônia Maria Simonetti, que faleceu de uma parada cardíaca na manhã desta segunda-feira (22), terá início logo mais às 16h, no Morada da Paz da Rua São José.

Dona Sônia é mãe do Ministro Rogério Marinho.

A missa de corpo presente será celebrada pelo Padre Francisco Fernandes na manhã desta terça-feira (23).

Natal

Equipes de Fiscalização da Prefeitura interditam 12 estabelecimentos no fim de semana em Natal

No primeiro fim de semana após o Carnaval, as equipes de fiscalização da Prefeitura do Natal atuaram incessantemente nas fiscalizações à bares, restaurante e casas de shows fazendo valer o Decreto Municipal nº 12.135/2020, que determina as normas de combate ao Coronavírus. Desde a sexta-feira (19) até o domingo (21), foram 12 interdições, dez autos de infração, duas apreensões a equipamentos de som e duas notificações. A operação conta com a participação da Guarda Municipal, Secretarias de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), de Mobilidade Urbana (STTU), Serviços Urbanos (Semsur) e da Polícia Militar.

“Foi um final de semana de intensa fiscalização. Muitas denúncias e flagrantes de pessoas que insistem em desrespeitar as regras sanitárias e colocar a saúde da população em perigo. Nossas equipes estão dando tudo para combater essas ilegalidades, mas precisamos também que a sociedade nos ajude e respeite os decretos que prezam pela vida das pessoas”, pediu o comandante comandante da Guarda Municipal de Natal, Alberfran Grilo.

O dia mais movimentado para as equipes foi sábado (20), onde seis estabelecimentos, entre casas de shows e bares foram interditados e embargados por estarem descumprindo também regras do decreto da pandemia. Segundo o supervisor de fiscalização da Semurb, Iang Chaves, “os estabelecimentos que foram interditados não estavam cumprindo o horário de funcionamento permitido até 1h da manhã, além de estarem pecando em problemas pontuais como quantidade de pessoas nos locais, e espaçamento entre mesas e cadeiras. Dois deles bastante conhecidos no bairro Ponta Negra, zona Sul da Capital”, disse.

Em um dos estabelecimentos em Ponta Negra, antes da interdição os fiscais estiveram no local e advertiram os responsáveis sobre o horário de encerramento, visto que havia denúncia de que não vinha cumprindo o horário já há vários dias. Infelizmente foi preciso usar uma medida restritiva para fazer cumprir a norma.

Ainda no sábado, houve apreensão de paredão e som, na comunidade da Guarita, no Bairro Alecrim, zona Leste da cidade. Acionar paredão de som em Natal é proibido pela Lei Municipal 6246/2011 e ocasiona apreensão e multa pecuniária. Já na sexta-feira (19) seis autos de infração foram lavrados, cinco deles eram bares e espetinhos concentrados na zona Norte de Natal, que foram interditados parcialmente.

“Os cinco estabelecimentos estavam descumprindo as normas do decreto da pandemia, como o espaçamento correto entre as mesas, aglomeração e até mesmo fazendo uso da via pública com mesas e cadeiras, um deles estava fazendo uso de equipamento de som. Já um quiosque na Redinha estava fazendo uso também de um paredão de som, o mesmo foi apreendido”, acrescenta Chaves.

Por fim, o domingo (21) foi tranquilo, havendo apenas duas notificações, em um aniversário alertando sobre os cuidados sanitários de distanciamento e uso da máscara. E outro a um bar sobre o horário de funcionamento, capacidade máxima de pessoas e medidas de segurança contra a covid-19. Além de um embargo de uso da via pública e autuação a um espetinho, em Neópolis.

DENÚNCIAS
A população também pode ser um agente fiscalizador realizando uma denúncia, que pode ser anônima, entrando em contato pelo telefone da Ouvidoria da Semurb no (84) 3616-9829, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, ou ainda pelo e-mail ouvidoria.semurb@natal.rn.gov.br. Além do canal 24h do Ciosp pelo 190 e o 181 (Disque Denúncia- Polícia Civil) nos fins de semana e feriados.

Natal

Prefeito de Natal anuncia novo decreto e novas medidas contra a Covid-19

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, anunicou em coletiva de imprensa agora há pouco novas medidas para conter o avanço da Covid-19.

Vai ampliar o horário de funcionamento de 10 unidades de saúde para até às 20h, aumentar de 20 para 40 os leitos de UTI no Hospital de Campanha, restringir o funcionamento dos bares e restaurantes, dentre outras medidas.

Na coletiva, Dias, que é médico, recomendou a Ivermectina como prevenção ao Coronavírus.

Geral

Voo com 2 milhões de doses de vacinas decola da Índia

Da Agência Brasil

Um avião da companhia Emirates, com remessa de 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca contra covid-19 decolou na madrugada de hoje (22) de Mumbai, na Índia, e deve chegar a São Paulo às 6h55 desta terça-feira.

A aeronave deixou a cidade indiana por volta das 10h30 da manhã (horário local), o que equivale a 2h da madrugada de hoje no horário de Brasília. A carga fará escala em Dubai, nos Emirados Árabes, de onde decolará para São Paulo às 22h40 (horário local) – 15h40 de hoje (horário de Brasília).

O voo chegará a São Paulo amanhã de manhã e as vacinas seguirão para o Rio de Janeiro, onde serão levadas para o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz).

As doses foram produzidas pelo Instituto Serum, parceiro da AstraZeneca na Índia e maior produtor mundial de vacinas. Mesmo prontas, as vacinas precisarão passar primeiro por Bio-Manguinhos para que possam ser rotuladas antes de serem distribuídas ao Programa Nacional de Imunizações.

A importação de doses prontas é uma estratégia paralela à produção de vacinas acertada entre a AstraZeneca e a Fiocruz. Para acelerar a disponibilidade de vacinas à população, 2 milhões de doses já foram trazidas da Índia em janeiro e está previsto um total de 10 milhões de doses prontas a serem importadas. Além dos 2 milhões que chegam amanhã ao país, mais 8 milhões estão previstas para os próximos dois meses.

Enquanto negocia a chegada das doses prontas, a Fiocruz trabalha na produção local das vacinas Oxford/AstraZeneca. Segundo o acordo com a farmacêutica anglo-sueca, a Fiocruz vai produzir 100,4 milhões de doses de vacinas até julho, a partir de um ingrediente farmacêutico ativo (IFA) importado. A primeira remessa desse insumo já chegou ao Bio-Manguinhos e o primeiro milhão de doses produzido na Fiocruz tem entrega prevista para o período de 15 a 19 de março.

De acordo com a fundação, os dois primeiros lotes estarão liberados internamente nos próximos dias. Esses lotes são destinados a testes para o estabelecimento dos parâmetros de produção.

“Com esses resultados, a instituição produzirá os três lotes de validação, cuja documentação será submetida à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Esses lotes somarão cerca de 1 milhão de doses e seus resultados serão enviados à Anvisa até meados de março”.

Também está em andamento na Fiocruz o processo de transferência de tecnologia para a produção do IFA no Brasil, o que tornará a fundação autossuficiente na produção das vacinas. A previsão é que as primeiras doses com IFA nacional sejam entregues ao Ministério da Saúde em agosto, e, até o fim de 2021, seja possível entregar 110 milhões de doses, elevando o total produzido no ano pela Fiocruz para 210,4 milhões.

Política

Morre aos 77 anos Dona Sônia Simonetti, mãe do Ministro Rogério Marinho

Faleceu na manhã desta segunda-feira (22), em Natal, Dona Sônia Maria Simonetti, 77 anos, mãe do Ministro Rogério Marinho.

Dona Sônia faleceu vítima de uma parada cardíaca.

Além de Rogério, deixa outros três filhos: Valéria, Cláudia e Cristiane, além de 10 netos e 1 bisneto.

De irmãos: Simone e Ormuz Simonetti, presidente do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte (IHGRN), Marcelo e Arnaldo Simonetti (in memoriam).

Cidades

Município no interior do RN registra vários tremores de terra em 24 horas

Neste final de semana (20/02 e 21/02), tremores de terra foram registrados no município de Caraúbas, no estado do Rio Grande do Norte. No sábado, às 19h18 UTC (16h18, hora local), um tremor, de magnitude preliminar 2.3 mR foi registrado pelas estações da rede sismográfica RSISNE.

Já neste domingo, outros três tremores foram registrados. O primeiro, de magnitude preliminar 2.3 mR, ocorreu às 05h08 UTC (02h08, hora local). Logo em seguida, às 05h51 UTC (02h51, horário local), outro tremor foi registrado, desta vez de magnitude preliminar 2.1 mR. Minutos depois, às 06h26 UTC (03h26, horário local), um tremor de magnitude preliminar 2.2 mR também ocorreu na região.

Segundo informações dos próprios moradores do município, várias pessoas chegaram a sentir os eventos neste domingo (21).

E pelas atualizações de agora há pouco, outros três tremores foram registrados na região pelas estações sismográficas operadas pelo Laboratório Sismológico da UFRN. Às 13h33 UTC (10h33, horário local), um tremor, de magnitude preliminar 2.5 mR foi registrado. Minutos após, às 13h46 UTC (10h46, hora local), outro tremor ocorreu na região, desta vez de magnitude preliminar 1.1 mR. Logo em seguida, às 14h15 (11h15, hora local), um evento sísmico, de magnitude preliminar 1.4 mR foi registrado pela rede sismográfica.

Cidades

São Gonçalo do Amarante restringe horário de funcionamento de bares e comercialização de bebidas alcóolicas no município

Seguindo orientação do Governo do Estado, a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN decretou novas medidas de prevenção e combate ao novo coronavirus no município. A edição extra do Jornal Oficial (JOM) foi publicada no início da noite deste sábado (20).

Dentre as medidas estão fechamento de bares, restaurantes e similares após às 22h; comercialização de bebidas alcoólicas, como também o consumo em ambientes públicos após às 22h; e realização de festas e eventos promovidos pelos entes públicos e iniciativa privada.

O decreto ainda ressalta que a fiscalização do cumprimento do decreto permanece a cargo da Vigilância Sanitária e Guarda Municipal, com reforço das forças de segurança pública do Estado.

As medidas entram em vigor a partir deste sábado (20), data da publicação, e valem por 14 dias.

Geral

Saúde agiliza processo para aquisição das vacinas Covaxin e Sputnik V

Para dar celeridade ao processo de aquisição das vacinas Covaxin e Sputnik V, o Ministério da Saúde publicou portarias dispensando uso de licitação para a compra dos imunizantes. A iniciativa, amparada pela medida provisória 1.026/2021, é uma exigência normativa e a compra dos insumos só ocorrerá após autorização da Anvisa para uso emergencial ou concessão de registro.

Com a medida, a pasta espera disponibilizar para a população 10 milhões de doses da Sputnik V e 20 milhões da Covaxin, com um investimento previsto de R$ 639,6 milhões na vacina russa e R$ 1,614 bilhão na vacina da Índia.

As negociações com os laboratórios União Química/Gamaleya e Precisa/Bharat Biotech, que garantirão ao Brasil a chegada da vacinas Sputnik V e da indiana Covaxin, prevê as entregas escalonadas previstas em contratos:

União Química (vacina Sputnik V/Instituto Gamaleya/RUS)

Março: 400 mil (importadas da Rússia)
Abril: 2 milhões (importadas da Rússia)
Maio: 7,6 milhões (importadas da Rússia)
Total: 10 milhões de doses

Com a incorporação da tecnologia da produção do IFA, com a aprovação da Anvisa, a União Química deverá produzir, no Brasil, 8 milhões de doses por mês.

Precisa Medicamentos (vacina Covaxin/Barat Biotech/IND)

Março: 8 milhões (importadas da Índia)
Abril: 8 milhões (importadas da Índia)
Maio: 4 milhões (importadas da Índia)
Total: 20 milhões de doses