O Governo do Estado lançou ontem o programa RN+Protegido.

A campanha foi anunciada durante coletiva de imprensa na Escola de Governo nesta sexta-feira (17), com a participação de representantes do setor produtivo parceiros da ação.

Na ocasião, foram entregues as primeiras 100 mil máscaras doadas pela indústria têxtil Guararapes; outras 100 mil estão sendo finalizadas, totalizando as 200 mil unidades que dão início à campanha.

O secretário do Desenvolvimento Econômico Jaime Calado destacou que “Foram muitas mãos para construir esse programa”, pois coordenou a formulação da campanha em consonância à proposição do deputado estadual Francisco Medeiros. “Além destas 200 mil máscaras que estarão sendo distribuídas hoje, o Sinduscon, o Sindicato da Indústria da Construção Civil, está fazendo uma doação de 2,2 milhões de unidades de máscaras; a Coteminas está doando material para serem confeccionadas 500 mil máscaras; a Nortex está doando material para 120 mil máscaras; e nós agradecemos em nome deles e muitos outros que estão fazendo essa corrente de solidariedade”, informou o secretário.

Além das doações, o programa prevê a aquisição de novas máscaras pelo Governo do Estado. A equipe do projeto Governo Cidadão está em tratativa com o Banco Mundial, com perspectiva de financiamento para aproximadamente 3 milhões de itens.

As máscaras serão produzidas pelas oficinas de costura do programa Pró-Sertão, coordenadas pela indústria-âncora Guararapes. O diretor executivo da empresa, Jaime Amorim, falou sobre a importância da ação para garantir a renda dos trabalhadores das 78 oficinas que estão sendo reativadas no interior do Estado, e ressaltou ainda os cuidados sanitários que estão sendo empregados na ação.

Do Blog: O digital influencer Jerônimo do Sertão tem um papel fundamental nesse processo. Foi ele quem levantou essa bandeira em suas redes sociais.

Foto: Elisa Elise