Paróquia de Acari tem novo brasão após condição de Basílica

A Paróquia de N. S. da Guia de Acari, que já se prepara para a tradicional Festa da Padroeira, de 05 a 15 de agosto, publicou ontem o Brasão oficial da sua nova condição de Basílica pontifícia, criada pelo Papa Francisco no dia 25 de março deste ano.

O brasão, cheio de muitos significados de heráldica eclesiástica, alude aos símbolos do papado, que a nova Basílica recebe, principalmente as chaves de São Pedro e o umbrellino romano; além disso, estão presentes no centro do escudo as iniciais gregas do nome de Cristo e de Maria, além da estrela, presente na mão da Imagem da Padroeira; o Rio Acauã, onde está significada a origem da civilização acariense e as cordilheiras, representando a fortaleza da fé do seridoense.

Como moto, as palavras em latim cuja tradução é: “A devoção a Maria é a alma do acariense “, pronunciadas pelo Cardeal Eugênio de Araújo Sales, na homilia pronunciada na Missa solene por ele celebrada, no dia 15 de agosto de 1995.

O Símbolo, de grande significado para a Igreja do Rio Grande do Norte, passa a ser o emblema principal do vínculo de Acari com a Santa Sé.