PCdoB articula para Carlos Augusto Maia continuar na Assembleia

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) no Rio Grande do Norte, do vice-governador eleito Antenor Roberto, não desistiu de manter o deputado estadual Carlos Augusto Maia na Assembleia Legislativa.

Carlos Augusto ficou primeiro suplente para a próxima legislatura na coligação de Fátima. Para isso, a governadora eleita precisaria acomodar em seu secretariado um dos três deputados estaduais eleitos pela coligação PT, PCdoB e PHS: Isolda, Francisco do PT ou Souza Neto.

Nos bastidores, entre a futura cúpula governista, se diz que Isolda já teria recusado assumir uma Secretaria. Ela integra a corrente interna do PT denominada “Democracia Socialista”.

Apostam que a maior probabilidade é o deputado eleito Francisco do PT, da corrente Avante, mesma de Fátima, assumir a Secretaria Estadual de Educação, porém, a governadora eleita teria o desejo de nomear para o cargo o professor Getúlio Marques Ferreira, nome que ela já defendia para o posto no Governo de Robinson.