PGR denuncia Robinson Faria ao STJ em processo que apura desvios de recursos públicos

A Procuradoria-Geral da República denunciou nesta segunda-feira (18), o Governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), em um processo que apura desvios de recursos públicos na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Robinson é alvo da Operação “Anteros”, deflagrada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) em 15 de agosto, que culminou com o cumprimento de mandados de busca e apreensão da Polícia Federal em seus endereços do Governador, bem como com a prisão de dois de seus assessores: Adelson Reis e Magaly Cristina, também denunciados.

A operação é fruto de delações premiada da ex-procuradora-geral da Assembleia Legislativa, Rita das Mercês e seus dois filhos: Gutson Reinaldo e Gustavo Villarroel.

Na delação, Rita revelou que Robinson embolsava R$ 100 mil por mês, entre 2006 e 2010, através da nomeação de servidores na Assembleia Legislativa.

Outro lado

A defesa do Governador declarou à imprensa que por enquanto não vai se manifestar.