Cerca de 300 homens da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PMRN), representada pelo Batalhão de Choque e pelo Bope, e da Força Nacional fizeram na manhã desta sexta-feira (20), por volta das 8h, uma intervenção na Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), sem resistência por parte dos apenados. Durante toda a manhã foi realizada uma revista minuciosa nas celas. A ação contou ainda com o apoio do Corpo de Bombeiro Militar e de 15 agentes penitenciários.

A Penitenciária Estadual de Parnamirim tem uma população carcerária de 522 detentos, divididos em dois pavilhões: Pavilhão 1 com 281 detentos e Pavilhão 2 com 241 detentos. Durante a vistoria realizada na manhã de hoje foi encontrado cerca de 140 aparelhos celulares, 30 carregadores de celular, uma balança de precisão, certa quantidade de maconha, 40 materiais cortantes (facas artesanais), sete relógios e mais de cem chips de celular. Além disso, um túnel de sete metros de profundidade foi localizado no refeitório do pavilhão 1. Já estão sendo tomadas as medidas necessárias para fechar o túnel. A vistoria segue durante a tarde desta sexta-feira.

Esta é a segunda intervenção realizada pela Polícia Militar do Rio Grande do Norte com o apoio da Força Nacional. Ontem, a intervenção foi na Penitenciária Estadual de Alcaçuz.

Foto: Cedida

Material apreendido na Penitenciária Estadual de Parnamirim